Maltodextrina: O que é e como tomar

By | 22/06/2010

Maltodextrina é um carboidrato complexo, proveniente da conversão enzimática do Amido do Milho. Sua absorção pelo organismo é gradativa e lenta, pois contém polímeros de dextrose. Estes polímeros acabam sendo metabolizados lentamente, o que faz com que ela forneça energia durante uma atividade física que necessita de resistência e de longa duração, pois ela vai liberando a glicose gradualmente no sangue.

Muito usada por jogadores de futebol, basquete, maratonistas, e também pela maioria dos praticantes de musculação, que é foco principal desse post. O pessoal que visa a hipertrofia usa tanto a maltodextrina quanto a dextrose, para repor o glicogênio muscular e como transporte de nutrientes para dentro das células, sejam as proteínas, creatina, BCAAs e glutamina. Graças ao pico de insulina causado pelo alto índice glicêmico desses carboidratos.
Portanto, o horário mais indicado para se tomar a maltodextrina ou a dextrose, é junto com a Whey Protein no pós-treino, podendo tomar junto também a Creatina, BCAA, ou Glutamina. A Maltodextrina não causa efeitos colaterais, e caso você não tenha problemas de diabetes, pode tomar tranquilo, e mesmo os diabéticos podem tomar, mas com orientação médica claro.


Quanto de Maltodextrina devo tomar?


1 grama de carboidrato para cada kg de peso corporal Exemplo, se a pessoa pesa 60kg, utiliza 60gr de carboidrato, podendo ser divido em (50% de Dextrose e 50 % de Maltodextrina) – 30g de Proteína (um medidor que habitualmente vem nos potes de Whey) – 5 a 10g de Creatina – Glutamina e BCAA  - Cerca de 5g de cada. O preço médio do pacote de 1kg costuma girar em torno de R$10,00.

Dextrose vs. Maltodextrina

Uma discussão interminável que pode ser explicada em tão poucas linhas. Eu acho que faz parte da natureza humana complicar as coisas.
Digestão - Apesar da Maltodextrina ser um carboidrato complexo, você não precisa se deixar levar por isso. A união dos compostos que formam a maltodextrina e a tornam um carboidrato “complexo” são fracos e extremamente simples o que faz com que a digestão dela seja somente um pouco mais lenta que a Dextrose.
Índice Glicêmico - Qualquer entusiasta de fisiculturismo sabe que quanto maior o índice glicêmico do carboidrato maior vai ser o pico de insulina. Quanto maior o pico de insulina, maior vai ser o transporte de nutrientes para dentro das células, como proteína, creatina, glutamina, bcaas, entre outros nutrientes(por isso malto e dextrose são utilizados no pós-treino, junto de whey, creatina, etc). De uma forma simples, o índice glicêmico é um sistema numérico que indica como um carboidrato eleva a glicose no sangue e consequentemente a insulina, no qual a dextrose tem o valor de 111 contra 105 da Maltodextrin. A maltodextrina pode gerar um pico de insulina quase tão alto como a Dextrose.

Suplementos em Promoção este Mês

3 thoughts on “Maltodextrina: O que é e como tomar

  1. Renah ^^

    Baaaah cara,começei a tomar malto e virou vicio,parei de treinar durante quase 1 mes porque tinha parado de tomar Malto…o maltodextrin é otimoo,o negocio é muito boom pra treino de intensidade,Abração, parabeeens pelo Post

    Reply
  2. Pedro Henrique

    Uma duvida eu treino a noite e ja tenho problema de insonia , se eu tomar malto depois do treino vo ter problemas pra dormir oque eu faço ?

    Reply
  3. Willian Rodrigues

    Po pedro tenta da uma aumentada na sua carga de treino,aumentando a intensidade pode ser que seu corpo precise de mais descanso,se o problema com insonia persistir procure orientação médica, pq prejudica pra caramba no crescimento e reestruturação muscular…abraço…

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current day month ye@r *