Relações entre a Proteína e a Perda de Gordura

28/08/2012
Proteina - Perda de Gordura

Toda semana aparece uma nova dieta que promete te deixar na melhor forma de toda sua vida. Sempre falam de carboidratos, gorduras, mas quase nunca sobre a proteína. Continue lendo e entenda nesse artigo como a proteína pode ser sua aliada no processo de perda de gordura corporal e ainda ajudar a obter um corpo com massa muscular de qualidade.

Entendendo as Proteínas

Uma coisa que as pessoas quase não mencionam em dietas de perda de gordura, principalmente na mídia, é justamente a proteína. O que é proteína? A proteína é composta por até 20 “tijolos” chamados de aminoácidos, sendo que 11 deles podem ser classificados como aminoácidos não-essenciais. Os outros 9 aminoácidos essenciais devem ser obtidos através da alimentação/suplementação.

A Proteína pode ainda ser dividida em dois tipos: proteínas completas e proteínas incompletas. As fontes de proteína animal e a proteína da soja são classificadas como proteínas completas pois possuem os 9 aminoácidos essenciais. Já as proteínas das plantas, como os vegetais e grãos, são classificadas como proteínas incompletas pois não possuem alguns aminoácidos essenciais.

Proteína: Carne

Então agora que você teve uma breve explicação sobre a proteína, qual seu efeito na dieta e como ela pode te ajudar a queimar gordura?

Proteína X Perda de Gordura

Primeiro, a proteína ajuda a inibir seu apetite. Ao verificarmos que a proteína possui apenas 4 calorias por grama, e 1g de gordura contém 9 calorias, é fácil calcular que podemos comer mais proteína ingerindo menos calorias. A proteína serve ainda para melhorar o sistema imunológico e ajuda a regular o sono, a digestão, ovulação e  a parte que mais nos interessa  ganhar massa muscular magra.

Agora é importante ter em mente que se você ingerir muito qualquer tipo de comida – mesmo que as calorias venham das gorduras, carboidratos ou até mesmo proteínas, você ainda estará colocando calorias no organismo e se sua ingestão calórica for muito alta (mais do que você gasta), você vai engordar. Já sabemos que cada grama de gordura tem mais que o dobro de calorias contidas em 1g de proteína, vamos agora analisar os carboidratos.

Carboidratos

Por que a proteína é mais importante na perda de gordura corporal do que os carboidratos? Ambos macronutrientes possuem a mesma quantidade de calorias por grama, então pode parecer difícil entender o motivo. E obviamente como vários tipos de carboidratos podem ser deliciosos, a maior parte das pessoas vão logo procurar um motivo para poder ingerir carboidratos. O problema com os carboidratos é que quando os ingerimos a maior parte deles é digerida rapidamente e se converte em glicose rapidamente também.

Logo depois de consumirmos uma refeição com muito carboidrato, a glicose contida no seu fluxo sanguíneo aumenta rapidamente, forçando seu pâncreas a produzir altas taxas de insulina para eliminar esse excesso de glicose. Essa glicose é então polimerizada e se transforma em glicogênio, que é então armazenado nos músculos e no fígado. Quando os músculos estão cheios de glicogênio e existe excesso de glicose ele é então armazenado como gordura. Agora você entende como os carboidratos podem ser convertidos em gordura corporal.

Boas Fontes de Proteína

Esse é outro erro que muita gente comete ao tentar seguir uma dieta rica em proteínas é exatamente de onde vem essas proteínas. De nada adianta comer um monte de bife gorduroso, ou qualquer outra proteína que não é magra, já que isso vai fazer com que você consuma muitas calorias vindas de gordura. Por isso prefira as fontes de proteína como peixe, peito de frango, carnes magras, Whey Protein e Albumina.

Observações
Você não pode negligenciar os carboidratos completamente, eles são também muito importantes para o processo de ganho de massa muscular, já que sem eles nossos músculos ficam completamente sem estoques de glicogênio, principalmente após o treino intenso. Porém, consuma os carboidratos nas medidas corretas e prefira os carboidratos complexos (arroz integral, pão integral, etc) para evitar o acúmulo desnecessário de gordura corporal e picos de glicose.

É isso aí pessoal prestem bastante atenção no consumo de Proteínas e na proporção de Carboidratos para conseguir obter um corpo com mais massa muscular e menos acúmulo de gordura. Espero que tenham gostado das informações e até o próximo artigo!

Mais Lidas do Mês:

noticia relacionada 1noticia relacionada 2

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *