A Creatina é um Esteroide Anabolizante (Bomba)?

13/09/2012
Creatina é Bomba?

Muitas pessoas alegam que a Creatina se trata de um Esteroide Anabolizante, ou seja, as famosas “bombas”. Será que a Creatina é mesmo considerada um Esteroide? Continue lendo o artigo e conheça nossa explicação completa sobre esse assunto.

A Creatina tem sido frequentemente comparada aos Esteroides Anabolizantes por fornecer ao seu usuário doses elevadas de energia e aumento da massa muscular. No entanto, isso está longe de ser verdade. Mesmo sendo verdade que a Creatina e os Esteroides aumentam a performance atlética, eles são completamente diferentes.

O que são Anabolizantes?

Esteroides Anabolizantes são versões sintéticas dos hormônios que constroem os músculos. Existem dois tipos de esteroides: Esteroides Anabólicos promovem a geração de novas células e o crescimento celular acelerado. Os Esteroides Androgênicos produzem traços masculinos no corpo, tais como o crescimento da barba e a voz grossa. A maioria dos Esteroides são tanto Anabólicos quanto Androgênicos. Isso é completamente diferente da Creatina, que essencialmente aumenta a energia durante o exercício físico.

A posse de Esteroides é ilegal sem receita médica. Entretanto, existe o famoso “mercado negro” e fontes clandestinas para comprar esse tipo de material, aumentando ainda mais o risco do uso de tais substâncias, já que muitas vezes as pessoas acabam utilizando produtos falsificados sem saber.

Creatina

Já a Creatina, é um suplemento totalmente legalizado que é super fácil de comprar e também muito mais comum. Não é uma substância proibida por qualquer órgão regulamentador do mundo, sendo permitido inclusive o uso por atletas que participam das Olimpíadas. Qualquer usuário de Creatina garante que tomar Creatina é a mesma coisa do que tomar qualquer outro suplemento, com a diferença de ser um dos suplementos com resultados mais rápidos. Ela é considerada um suplemento pois é possível consumir altas doses de Creatina comendo carne vermelha ou peixe por exemplo. No caso dos Esteroides, isso não é possível.

A Creatina é produzida naturalmente no organismo através dos aminoácidos L-arginina, glicina e L-metionina. Primariamente é produzida nos rins e é então transportada para o sangue para servir de combustível para os músculos. A Creatina fornece energia aos músculos aumentando a formação de ATP. A ATP é composta por moléculas de energia utilizadas no tecido muscular. O papel da Creatina é recuperar e manter as moléculas de ATP em funcionamento, proporcionando assim o aumento de energia durante o treino físico.

Treino com Creatina

Conclusão

Mesmo a Creatina aumentando o desempenho físico, força, resistência muscular e volumização das células musculares, todos esses efeitos ocorrem sem ligação alguma com hormônios e portanto a Creatina é apenas um Suplemento Alimentar totalmente seguro.

Marcas Recomendadas de Creatina:


Bom pessoal, espero que todas as dúvidas sobre esse assunto tenham sido resolvidas. Qualquer dúvida sobre a Creatina, não deixe de ler nossos outros artigos que com certeza irão responder suas perguntas. Bons Treinos e até o próximo artigo!

Mais Lidas do Mês:

noticia relacionada 1noticia relacionada 2

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *