Monthly Archives: outubro 2012

O que é Dilatex, Efeitos e Como Tomar

O que é Dilatex

Você provavelmente já ouviu falar do Dilatex, um suplemento que vem se tornando cada vez mais famoso entre os praticantes de musculação devido seu efeito comprovado e resultados visíveis rapidamente. Continue lendo e descubra nesse artigo o que é Dilatex, seus principais efeitos e orientações sobre como tomá-lo de maneira correta.

Dilatex

Última Atualização: Abril / 2017

Esse vídeo é um resumo do artigo, assista!

O que é Dilatex?

Produzido pela Power Supplements, o Dilatex é um Suplemento Alimentar que contém em sua composição a Alanina e a Arginina, que são substâncias precursoras do Óxido Nítrico. Como você já leu em outras matérias aqui do site, o Óxido Nítrico traz inúmeros benefícios para o atleta que treina com pesos, dentre eles podemos destacar uma maior vasodilatação e um pump mais duradouro (aquela sensação de músculos mais estufados que temos durante o treino). Além disso, proporciona ainda um transporte mais acelerado de nutrientes para os músculos.

O Dilatex possui uma tecnologia desenvolvida em laboratório denominada OxyPump. Essa tecnologia tem como foco o equilíbrio entre os ingredientes da fórmula, aumentando de maneira significativa a absorção pelo corpo, fazendo com que os efeitos desse suplemento sejam mais eficazes e durem por mais tempo.

Efeitos do Dilatex

  • Vasodilatação (maior fluxo sanguíneo e veias muito mais aparentes)
  • Aumento do Pump Muscular
  • Transporte de Nutrientes mais Acelerado
  • Ganho de Energia
  • Aumento do Foco
  • Ajuda no Ganho de Massa Muscular
  • Ganho de Força
Dilatex Vasodilatador
A Vasodilatação faz com que as veias fiquem muito mais saltadas.

 

Vantagens do Dilatex

Uma grande vantagem do Dilatex em comparação aos produtos similares está no preço. Outros suplementos com objetivos similares podem acabar custando até mesmo o dobro do preço, muitas vezes proporcionando efeitos inferiores.

A Tecnologia do OxyPump é o principal ponto forte do Dilatex. A explicação é muito simples: outros suplementos sem essa tecnologia acabam tendo uma absorção muito baixa pelo organismo. Já com o OxyPump, a absorção dos componentes da fórmula chega até 90%. Sendo assim, o custo benefício se torna muito superior.

Um pump de qualidade melhora muito a aparência dos músculos.

Como Tomar Dilatex

A recomendação de uso é tomar 4 cápsulas de Dilatex entre 30-60 minutos antes do treino. O frasco de Dilatex contém 152 cápsulas, o que rende um total de 38 treinos.

Onde Comprar Dilatex

Para garantir uma compra segura e o recebimento do suplemento original em perfeitas condições, recomendamos realizar a compra apenas através de sites confiáveis para evitar qualquer tipo de transtorno. Para acessar o site para comprar clique no link ou na imagem abaixo.

 
 Dilatex Comprar

Economizando com o Super Combo de Dilatex

Sem dúvidas a melhor opção para quem quer economizar é comprar o Kit Combo de Dilatex. No combo é possível comprar 3 potes de dilatex com desconto, dessa forma você pode montar um verdadeiro estoque de suplementos que irão durar por alguns meses. No final das contas vale muito mais a pena do que comprar dilatex separadamente todo mês. Para conhecer esse combo de dilatex, basta clicar na imagem abaixo.

Dilatex Combo

Clique para Comprar o Combo de Dilatex

Para que serve Dilatex?

O Dilatex serve para aquelas pessoas que buscam melhorar seus resultados de maneira geral na musculação ou outros esportes que exigem dos músculos, como por exemplo o Crossfit. Ele serve para aumentar a força muscular, o pump, a vascularização e a energia. Ele tem se tornado um suplemento cada vez mais popular, sendo inclusive comparado aos Pré-Treinos importados, e sinceramente ele é tão bom quanto os suplementos do exterior.

O grande sucesso por trás do Dilatex está na tecnologia denominada OxyPump e é justamente ela que faz ser bem rápidos os Resultados do Dilatex.

Dilatex Faz Mal?

Muita gente tem essa dúvida se Dilatex faz mal e a resposta é a mesma para qualquer suplemento: ele não faz mal para indivíduos saudáveis. Não existem relatos de pessoas que se sentiram mal ou tiveram efeitos negativos com o Dilatex. Mas como o Dilatex é um estimulante, recomenda-se não tomar muito perto da hora de ir dormir, pode você pode acabar ficando sem sono. Mas assim como qualquer outro suplemento, se você tiver qualquer problema de saúde, pergunte antes ao seu médico se você pode tomar dilatex ou não.

Dilatex Como Tomar Efeitos

Dilatex Funciona?

O Dilatex é hoje um dos suplementos mais populares entre os praticantes de musculação, sem dúvidas. E essa popularidade não existe a toa. Um dos motivos de tamanha popularidade é justamente o fato de que o Dilatex funciona sim, e funciona muito bem. Seus efeitos são sentidos logo nos primeiros dias de uso, e o aumento do foco e da energia fazem a diferença, além do aumento do pump (aquele inchaço muscular causado pelo exercício intenso). O Dilatex conta ainda com efeitos “secundários” também muito úteis, como por exemplo a melhora e aceleração de envio de nutrientes para os músculos, proporcionando resultados melhores de maneira geral, tendo em vista que com mais nutrientes seus músculos terão o ambiente perfeito para ficarem maiores e mais fortes.

Bons treinos a todos e não deixem de comentar os seus resultados com o uso de Dilatex!

Outras Perguntas e Respostas Úteis sobre o Dilatex

Perguntas e respostas Dilatex

E você? Já tomou o Dilatex? Solicitamos aos nossos leitores que deixem seu relato sobre o uso do dilatex no espaço de comentários abaixo!

A Fase de Saturação da Creatina é Obrigatória?

Saturação da Creatina

A Fase de Saturação da Creatina é motivo de muito debate e discussão nas academias e principalmente na internet. Muitas pessoas dizem que é extremamente necessário fazer essa fase, outras dizem que não passa de um mito. Mas afinal: a Fase de Saturação é realmente necessária? Continue lendo o artigo para conhecer nossas explicações.

Esse é um assunto que definitivamente já causou muita polêmica. Mesmo que muitas pessoas digam que você precisa fazer a saturação, não existe nenhum estudo sério que demonstre que é crucial. Porém, mesmo não havendo provas concretas dessa necessidade, não significa que devemos considerar isso um mito. Não há estudos que comprovem, porém também não há provas que afirmem que não funciona.

Primeiro vamos dar uma olhada nas características da Creatina para analisarmos se faz sentido ou não a fase de saturação.

Informações sobre a Creatina

Seu corpo queima naturalmente entre 3-4g de Creatina por dia se você treina com pesos. Ela é utilizada durante o treino para recuperar os estoques de ATP que são gastos durante o exercício. O organismo é capaz de sintetizar creatina naturalmente através dos aminoácidos, então geralmente você já vai ter um pouco armazenado se você segue uma dieta com bastante proteína ou toma um suplemento de aminoácidos.

A Creatina é usada pelo organismo para aumentar a capacidade de trabalho anaeróbico. Vários estudos demonstraram um aumento na força e na massa muscular. Outros estudos concluíram ainda uma melhor recuperação muscular e aumento da resistência durante atividades físicas. Mas mesmo que todos concordem com os benefícios da Creatina é difícil dizer exatamente a quantidade do efeito que vai ser alcançado ou até mesmo a quantidade exata para consumo. Parte disso se deve ao fato da grande variedade de estudos envolvendo pessoas com níveis diferentes de condicionamento físico. Também existe uma pequena diferença na produção do organismo de cada pessoa. Geralmente o corpo pode produzir entre 2-3g por dia.

Treino com Creatina
A Creatina melhora o desempenho durante o treino de musculação.

Fase de Saturação da Creatina

Com base nas informações listadas acima, podemos concluir que uma pessoa que treina de maneira intensa por 4-5 dias na semana provavelmente vai ter pouca ou até mesmo uma quantidade negativa de Creatina no organismo (levando em consideração apenas a produção natural). Se seu corpo produz uma quantidade mínima de Creatina de 2g por dia, isso resulta em 14g disponível por semana. Se você gasta 4g de Creatina diariamente e treina 5 vezes por semana, você usaria 20g se essa quantia estivesse disponível. Isso é apenas um exemplo fictício, mas deu pra entender a ideia né?

A ideia por trás da Saturação da Creatina é garantir que o corpo esteja completamente carregado, fornecendo a quantia necessária quando for requisitado. Além disso, você vai fazer o corpo se adaptar a absorver essa substância similar a que ele produz, mas ainda assim estranha, já que “vem de fora”. Durante a fase inicial supõe-se que o corpo não vai absorver tudo. Mas no final dessa fase, suas reservas deverão estar no nível máximo e o corpo vai se acostumar a absorver a dose diária, que é bem menor do que a dose de saturação.

Dessa forma, se você tiver, vamos dizer 20g disponíveis no organismo para o treino, mesmo se você gastar 5g em um dia, ainda vai ter muita Creatina estocada para repor essa quantia no músculo. Além disso, se você continuar tomando 3-5g por dia, somando com os 2-3g que seu corpo produz naturalmente, você garantirá um fluxo contínuo de Creatina para as necessidades do seu corpo.

Creatina Monohidratada

É obrigatória?

Respondendo de maneira direta: Não, a fase de saturação não é obrigatória para conseguir ganhar músculos. Mas a Fase de Saturação pode fazer a diferença no seu treino? Sim, pode fazer a diferença.

A explicação é que não tem como saber exatamente quanta Creatina seu organismo produz, qual a quantidade que você tem armazenada no momento e quanto você gasta em cada semana. Por isso, faz sentido começar a tomar a Creatina fazendo a Fase da Saturação para garantir que seu corpo irá aproveitar esse suplemento da melhor maneira possível.

É por isso que muita gente diz que não consegue resultados sem saturar. Pode ser que o organismo dessas pessoas produza menores quantidades de Creatina naturalmente, ou essas pessoas gastam mais durante o treino, etc. Por outro lado, existem sim pessoas que conseguem resultados sem fazer a saturação. E a explicação é a mesma, pode ser que o organismo dessas pessoas produza muita Creatina naturalmente, essas pessoas podem gastar menores quantidades diariamente, etc.

Conclusão

Sendo assim a resposta definitiva é: faça testes e veja como seu corpo reage. Somente assim você poderá ter uma noção de como seu organismo administra a Creatina. Tome uma vez com saturação e observe os resultados. Dê um intervalo de 1 mês no mínimo e na próxima vez que for usar a Creatina, tome sem saturação e analise qual das opções trouxe os melhores resultados.

Por último, vale ressaltar que quanto maior o nível de pureza do suplemento, maior a concentração de Creatina por dose. Portanto evite as marcas desconhecidas e muito baratas, para garantir todos os efeitos do suplemento.

Marcas de Creatina Recomendadas:

Promoção: Suplementos com Frete Grátis – Outubro 2012

Pra quem quer comprar suplementos e economizar bastante essa é a melhor hora!

Acabamos de receber a notícia que o site CorpoPerfeito está com uma promoção bem bacana: frete grátis no site todo e podendo parcelar em até 12x.
É bem raro ter essa promoção de frete grátis então corra enquanto é tempo (acaba rápido).
Suplementos que você poderá comprar com frete grátis: Whey Protein, BCAA, Creatina, Massa e todos os outros. Corra antes que acabe!

Benefícios do Óleo de Peixe na Musculação

Qualquer pessoa que busca maximizar o ganho de músculos, queimar mais gordura ou melhorar a saúde de maneira geral deve suplementar com um Óleo de Peixe de qualidade no dia a dia. Continue lendo esse artigo e conheça os benefícios do Óleo de Peixe na musculação.

O que é Óleo de Peixe?

O Óleo de peixe contém os ácidos graxos super importantes, EPA e DHA, que produzem benefícios quase que infinitos com relação ao físico e saúde do organismo de maneira geral.

O artigo ficaria muito extenso se fossemos citar todos os benefícios relacionados a pressão sanguínea, colesterol e a saúde de maneira geral. Portanto iremos focar apenas nos benefícios relacionados a musculação.

O Óleo de Peixe pode aumentar o Anabolismo Muscular

Uma pesquisa recente na Universidade de Medicina de Washington comprovou que o Óleo de Peixe pode ser considerado uma substância anabólica.

Um grupo de voluntários recebeu 4g de óleo de peixe diariamente e os pesquisadores perceberam um aumento significativo na síntese de proteína muscular. A síntese de proteína é o processo em que as células combinam aminoácidos isolados para construir proteínas completas. Já que as proteínas são os “tijolos” da construção dos músculos, esse efeito é extremamente útil para quem busca ganhar mais massa muscular.

O Óleo de Peixe Diminui o Catabolismo

O Óleo de Peixe não só ajuda a construir músculos mais rapidamente, como também ajuda a preservar os músculos que você já possui (independente da quantidade).

Seus músculos passam com frequência por dois processos: o anabolismo (crescimento muscular) e o catabolismo (quebra/perda de músculos). Seu ganho real de massa muscular é determinado através do anabolismo menos a quantidade total do catabolismo. Ao diminuir o catabolismo você maximiza seu ganho de músculos de maneira geral.

O Óleo de Peixe ajuda a diminuir o catabolismo de duas formas:

Primeiro por diminuir seus níveis de Cortisol. O Cortisol é um hormônio catabólico que quebra o tecido muscular para usá-lo como energia.

A segunda forma é por diminuir a atividade do sistema ubiquitina-proteassoma (nome complicado, né?). Esse sistema de nome difícil é o principal responsável pela quebra de músculos, mas é cancelado conforme consumimos uma maior quantidade de EPA (um dos componentes do Óleo de Peixe).

O Óleo de Peixe é um “anti-inflamatório”

Reduzir a “inflamação” / “queimação” causada após o treino com pesos pode ajudar a melhorar a recuperação dos músculos e o crescimento de maneira geral.

Cientistas de Harvard descobriram que o DHA (um dos componentes do Óleo de Peixe) controla a liberação de Óxido Nítrico nos vasos sanguíneos. O Óxido Nítrico previne que os glóbulos brancos (leucócitos) se prendam nos vasos sanguíneos, diminuindo assim a inflamação.

Reduzir a inflamação ajuda não apenas na recuperação muscular, mas também tem efeitos benéficos nas suas juntas e ligamentos. Como o treino intenso causa muito stress nessas estruturas, o Óleo de Peixe é um suplemento excelente para prevenir lesões e melhorar as dores que podem ser causadas pelo treino.

Quanto Tomar para Conseguir esses Efeitos?

O que importa não é a quantidade total de Óleo de Peixe ingerida, mas sim a quantidade de EPA e DHA. Esses são os componentes que proporcionam os benefícios que citamos no artigo.

O recomendado é tentar consumir por volta de 2000-3000mg diários de EPA e DHA (combinados). Isso geralmente equivale a 4-6g de Óleo de Peixe, dependendo da marca.

Existem algumas marcas muito ruins por aí, que muitas vezes podem até conter mais cápsulas do que outras, mas quando vamos ver a quantidade de EPA e DHA em cada cápsula é baixíssima, o que acaba não compensando no fim das contas. Portanto, prefira seguir nossas recomendações de marcas para garantir todos os efeitos citados.

Marcas de Óleo de Peixe Recomendadas:

Carnivor: Suplemento da Proteína da Carne

Suplemento Carnivor MuscleMeds

Conheça o Carnivor, o suplemento que pode desbancar o Whey Protein em breve. Descubra nesse artigo seus principais efeitos, vantagens sobre os outros suplementos de proteína e como tomar Carnivor. Continue lendo para conhecer todas as informações.

O Whey Protein foi considerado como o melhor suplemento de proteína do mercado durante anos devido sua rápida absorção e grau de qualidade da proteína. Porém, chega ao mercado o Carnivor, um suplemento que tem grandes chances de puxar seu tapete. Entenda os motivos ao decorrer do artigo.

Carnivor: O que é?

O Carnivor é um suplemento de proteína com um diferencial: é a proteína isolada da carne bovina. Anos atrás, tínhamos apenas a Albumina (proteína do ovo), logo surgiu o Whey Protein e a Caseína (ambas proteínas do leite) e agora chega ao mercado o revolucionário Carnivor (proteína da carne)

Produzido pela famosa MuscleMeds, esse suplemento é obtido através de um processo de total purificação da proteína animal. O que isso significa? Que o atleta que consome o Carnivor vai proporcionar ao corpo a proteína animal da mais alta qualidade, sem as partes “negativas” da carne como a gordura, colesterol, etc.

Kai Greene Carnivor
A MuscleMeds patrocina o Kai Greene, vice Mr. Olympia 2012.

Pontos Fortes do Carnivor

  • Altíssima Concentração de Aminoácidos
  • Não contém gordura
  • Não contém colesterol
  • 0% de açúcar
  • Não contem lactose
  • Enriquecido com Vitaminas

Efeitos do Carnivor

  • Ganho de massa muscular
  • Não acumula gordura corporal
  • Não contém açúcar, ou seja, não atrapalhará sua dieta
  • Definição Corporal (proteína super magra)
  • Evita a Perda de Músculos (catabolismo)

Por que o Carnivor pode desbancar o Whey Protein?

Primeiramente, como já citado, o Carnivor é a pura proteína da carne, sem toda a parte ruim. O Carnivor possui ainda uma grande quantidade de BCAAs, que são os aminoácidos mais famosos que ajudam na síntese de proteína, recuperação muscular, diminuição da perda de gorduras e fornece energia durante o treino.
Fazendo uma comparação, o Carnivor possui uma concentração de aminoácidos cerca de 350% maior. Sendo assim, o Carnivor proporciona um crescimento muscular muito mais rápido e de maior qualidade, com mais aminoácidos do que qualquer outra fonte de proteína, inclusive o soro do leite (Whey Protein), soja, leite (caseína) e ovos e ainda com o diferencial de não conter gordura, colesterol, açúcar e lactose.

Como Tomar Carnivor

O uso recomendado do Carnivor é de 1 medidor que acompanha o produto diluído em cerca de 300ml de água.

Onde Comprar Carnivor

Clique para Acessar o Site Recomendado para Comprar Carnivor

Obs: Vale ressaltar que o Whey Protein continua sendo uma escolha excelente de suplemento. Para aquelas pessoas que não estão dispostas a gastar um pouco mais, a melhor alternativa é ainda o Whey Protein. Já para aqueles que buscam um ganho de massa verdadeiramente sólido, vale a pena experimentar o Carnivor.

Um Braço Maior que o Outro: Como Corrigir

Braço Maior que Outro

Você tem um braço maior do que o outro? Isso é algo bem comum para quem pratica musculação. Um lado do corpo acaba dominando mais do que o outro em um certo nível.
Mas se um lado do seu corpo está começando a dominar demais e surgindo uma diferença muito grande (não importa se é no bíceps, tríceps, ombro ou até mesmo um lado do peito/costas), existem algumas maneiras simples de corrigir isso. Continue lendo e descubra como corrigir essa diferença.

Como Corrigir um Braço Maior que o Outro?

Faça Exercícios Unilaterais

O primeiro passo é mudar os exercícios para aqueles em que fazemos cada lado de forma independente (com halteres, cabos, equipamentos unilaterais, etc).

Quando fazemos um exercício com barra ou em máquinas que ambos os braços trabalham juntos para mover o peso, um braço SEMPRE vai ter a possibilidade de “roubar” pelo outro. Seu corpo é inteligente, sempre vai arranjar uma maneira mais fácil de levantar a barra. Não importa qual seja o exercício, pode ser no supino, rosca direta, desenvolvimento… o lado dominante pode acabar fazendo o maior esforço.

Então, se um dos lados do seu corpo já está tão dominante que afeta a execução dos exercícios ou a aparência te incomoda quando olha no espelho, troque para os exercícios unilaterais o quanto antes. Por exemplo: Se você está acostumado a fazer Rosca com barra, passe a fazer Rosca com halteres. Em vez de fazer Supino Reto com Barra, faça com halteres. O mesmo para qualquer outro grupo muscular que apresente diferenças de tamanho entre os lados.

Isso vale para os aparelhos também. Evite qualquer exercício feito em máquinas em que ambos os braços trabalhem juntos para mover o peso. Foque apenas nos exercícios unilaterais em máquinas. Dessa forma, passe a fazer bíceps nos cabos com um braço de cada vez, o mesmo serve para os tríceps. Se você faz Pulley Costas convencional, passe a fazer na máquina que tem 2 puxadores independentes. Você entendeu como funciona.

Remada Unilateral
Remada Baixa Unilateral

Leve o Lado Fraco até a Falha

Por exemplo na Rosca Alternada com Halteres, supondo que seu lado esquerdo é o mais fraco. O ideal é começar o exercício então com o lado esquerdo na primeira repetição, e o braço mais forte na segunda. E assim você continua alternando entre cada braço. Assim que o seu braço fraco chegar na falha muscular, você iguala fazendo a ultima repetição com o braço mais forte e então para a série por ali.

Então se por exemplo você quase não conseguiu finalizar a 7ª repetição com o braço esquerdo e chegou na falha, você apenas fará a 7ª repetição no braço mais forte também e então deve parar. Não importa se você ainda tem força no braço mais forte para continuar.

Rosca Alternada

O mesmo vale para tríceps. Comece sempre com o braço mais fraco até atingir a falha, então faça a ultima repetição no braço mais forte e pare. Mesmo que você tenha força suficiente para fazer mais algumas repetições com o braço mais forte.

Triceps Unilateral
Tríceps na Polia Unilateral

Explicações

Seguindo esse método, o braço mais fraco ganha um estímulo maior indo até a falha, enquanto o braço mais forte para um pouco antes de falhar. Isso permite que você mantenha a força/tamanho no lado dominante enquanto permite que o lado mais fraco vá se igualando.

Um erro muito comum, que inclusive até mesmo alguns “instrutores” recomendam, é pensar que o melhor seria fazer séries/repetições extras para o lado fraco. Claro que isso não faz sentido nenhum. Se fazer 3 séries a mais faz com que o músculo cresça mais rápido, então por que você não faz essas 3 séries extras para o corpo todo e fica gigante? Exatamente, porque isso não funciona.

Na verdade, nem sempre um volume de treino maior significa um melhor crescimento. Você só consegue estimular uma certa quantidade de crescimento muscular em cada treino, ou seja, existe um limite em que qualquer trabalho adicional não vai produzir ganhos adicionais. Se treinar por mais tempo significasse maior ganho de músculos, todo mundo passaria 4 horas por dia na academia.

Triceps Polia Unilateral

Conclusão

A melhor maneira de corrigir uma assimetria muscular (lados muito diferentes) é “pegar leve” no lado mais forte, com menos intensidade, enquanto mantém a intensidade máxima no lado mais fraco. Treinar ambos os lados com a mesma intensidade e fazer umas séries a mais no lado fraco não faz nenhum sentido.

Resumidamente:

  • Mude para os exercícios unilaterais
  • Foque em levar o lado mais fraco até a falha muscular
  • Faça a mesma quantidade de repetições no lado mais forte e nada mais


Bom pessoal, como viram não tem nenhum mistério para corrigir essa diferença muscular. Siga essas dicas durante um tempo de maneira consistente e logo o lado mais fraco irá alcançar o mais forte até um ponto que não vai ter mais nenhuma diferença visível. Espero que tenham gostado e até o próximo artigo!

Óxido Nítrico (NO2) – Suplementos Vasodilatadores

Um dos suplementos mais indicados para quem busca um aumento no volume muscular e vasodilatação é sem dúvidas o Óxido Nítrico (NO2).
Conheça nesse artigo as principais informações sobre os Suplementos Vasodilatadores incluindo dicas sobre como tomar e recomendação das melhores marcas do mercado.

O Que é NO2?

O NO2 (Óxido Nítrico) é encontrado no próprio organismo e tem como papel fundamental a dilatação de nossos vasos sanguíneos, além de transportar também o oxigênio e aumentar a energia. Muitas pessoas consideram o NO2 como melhor do que a Creatina, mas isso vai muito do gosto e preferência pessoal, já que cada suplemento pode ter efeitos mais fortes em uma pessoa do que outra.

Vale lembrar ainda que o Suplemento de NO2 foi desenvolvido pelo mesmo criador da Creatina, que é um dos suplementos com maior quantidade de pesquisas apoiando seu funcionamento.

Efeitos do NO2

  • Vasodilatação (Maior fluxo sanguíneo e veias mais aparentes)
  • Maior Pump Muscular (Inchaço dos músculos)
  • Ganho de Massa Muscular
  • Ganho de Energia
  • Regulagem do nível de Açúcar no sangue
  • Transporte de Oxigênio
  • Aumento da Performance Durante o Treino
  • Redução do Cansaço
  • Aumento do Foco

Como Funciona o Óxido Nítrico?

Como dito anteriormente, o NO2 promove uma maior dilatação dos vasos sanguíneos e por conta disso ocorre uma espécie de “bombeamento” nos músculos durante o dia inteiro, proporcionando um ganho de massa muscular mais rápido, além de resultados aparentes quase que instantâneos, já que o “pump” passa a durar um período muito maior.

Sabe aquela sensação de inchaço que temos durante o treino? Quando todos os músculos do corpo parecem maiores e mais densos? É justamente aí que o NO2 entra em atuação, fazendo com que esse inchaço dure não apenas durante o período de treino, mas sim durante várias horas ou todo o dia (depende do produto).

Pump
O NO2 Aumenta a duração do Pump – Inchaço Muscular que ocorre durante o Treino.

Esse efeito ocorre devido ao fato do aumento do fluxo de sangue, ajudando a manter esse volume adquirido durante o treino por muito mais tempo, causando uma aparência muito melhor nos músculos. Os resultados costumam aparecer logo na primeira semana de uso.

Como tomar NO2?

A recomendação geral é primeiramente verificar o rótulo do produto. A indicação de uso de fábrica é geralmente a melhor opção. Porém, uma regra que geralmente é seguida é que o consumo deve ser feito antes do treino, para aproveitar melhor os benefícios das substâncias da fórmula.

Melhores Marcas de NO2

Outras Marcas (clique)

Aminoácidos + Carboidratos para Ganhar Músculos mais Rapidamente

Ganhar Músculos com Aminoácidos

Nesse artigo vamos explicar a importância do consumo de Aminoácidos juntamente com Carboidratos para o ganho de massa muscular mais rapidamente. Continue lendo para entender a importância desses nutrientes e aumente sua massa muscular como nunca antes.

As células musculares crescem e ficam mais fortes através do treino com pesos, basicamente por aumentar a quantidade de moléculas de proteína dentro de cada uma das células musculares. Elas sintetizam mais moléculas de proteína em resposta ao treino, pois essas moléculas de proteína realizam várias funções importantes que são essenciais para o exercício físico. As células musculares se adaptam ao stress causado pelo exercício justamente aumentando o nível e a atividade dessas moléculas de proteína, melhorando assim a performance.

Por exemplo, a actina e a miosina são duas moléculas de proteína contidas nas células musculares que geram diretamente a contração muscular. Sendo assim, um nível maior de actina e miosina dentro das células vai resultar em contrações musculares muito mais fortes, gerando maiores ganhos de força e tamanho.

A necessidade do corpo aumentar a quantidade de certas proteínas em resposta ao treino faz com que haja uma necessidade maior do consumo de aminoácidos, pois essas novas moléculas de proteína são diretamente “montadas” através desses aminoácidos.

Aminoácidos Massa Muscular

Aminoácidos Aumentam a Síntese de Proteína Muscular

A ingestão de aminoácidos — principalmente a leucina — diretamente após o treino aumenta a síntese de proteína de maneira significativa e ainda diminui a quebra dessa proteína. O consumo de aminoácidos causa um acúmulo de proteína muscular principalmente por ativar uma molécula super importante que controla os nutrientes chamada de mTOR, que ativa diretamente a síntese de proteína em resposta ao consumo de aminoácidos.

Uma pesquisa recente concluiu que tomar um suplemento de aminoácidos logo após o treino aumenta a atividade do mTOR, gerando uma síntese de proteína muscular maior após o treino e diminuindo a quebra de proteínas por mais 2 horas, em comparação ao exercício sem o consumo de aminoácidos.

Sendo assim, nossa primeira conclusão é que o treinamento de musculação seguido do consumo de aminoácidos desencadeia um maior crescimento muscular pois ativa a síntese da proteína muscular.

Aminoácidos Recomendados para Ganhar Mais Massa:

Aminoácidos + Carboidratos Aumentam Ainda Mais o Nível de Proteína Muscular

O consumo simultâneo de Carboidratos + Aminoácidos após o treino pode gerar um acúmulo ainda maior de proteína muscular.

Um outro estudo concluiu que o consumo de aminoácidos essenciais juntamente com carboidratos tem um impacto muito maior na síntese de proteína e redução da quebra de proteína, em comparação ao consumo de aminoácidos ou carboidratos sozinhos.

Uma excelente opção de carboidrato para ser consumido juntamente com os aminoácidos após o treino é a Maltodextrina, já que possui um índice glicêmico elevado, sendo assim o transporte de aminoácidos para a as células musculares será muito mais rápido.

Marcas Recomendadas de Maltodextrina:

Simplificando

Como vimos nesse artigo, quanto maior a quantidade de proteína muscular nas células, maior o ganho de força e massa muscular. Para aumentar a quantidade dessas moléculas de proteínas, devemos consumir aminoácidos após o treino, de preferência juntamente com carboidratos para melhorar ainda mais os resultados.

Sendo assim, torna-se essencial o consumo de aminoácidos com um carboidrato como a Maltodextrina logo após o treino, para conseguir garantir os níveis de proteína muscular necessários para a hipertrofia.

Referências:
1. Biolo G, et al. Leucine and phenylalanine kinetics during mixed meat ingestion: a multiple tracer approach. Am J Physiol 1992; 262(4 Pt 1): p. E455-63.
2. Roy BD, et al. Efeitos da suplementação de glicose no Metabolismo da Proteína após o treino de resistência. J Appl Physiol 1997;82(6): p. 1882-8.
3. Walker DK, et al. Exercício, amino ácidos, e idade no controle da síntese de proteína muscular humana. Med Sci Sports Exerc 2011;43(12): p. 2249-58.
4. Miller SL, et al. Efeitos independentes e combinados de aminoácidos e glicose após o treino físico. Med Sci Sports Exerc 2003;35(3): p. 449-55.

Priorizando Suplementos: Qual Comprar Primeiro?

Prioridade Suplementos

Aprenda como gastar o seu dinheiro de maneira inteligente seguindo nossas dicas para priorizar suplementos nesse artigo. Siga as dicas e aprenda como maximizar seus ganhos na academia fazendo as compras certas.

Você treina certo, come certo e consegue pouco resultado. Para te ajudar a melhorar seu progresso na academia é fato de que você precisa também da suplementação correta. Mas por onde começar? Existem tantas opções de produtos e marcas no mercado que é fácil ficar perdido.

Por esse motivo, montamos essa lista de Prioridades dos Suplementos que vai te ajudar a gastar seu dinheiro da melhor maneira possível. Vamos ser realistas, nem todos possuem dinheiro suficiente para comprar todos os suplementos. Então se seu objetivo for ganhar massa muscular, aqui estão as prioridades:

Prioridade 1: Proteína

Certo, essa prioridade é bem óbvia. O consumo adequado de proteína é essencial para construir músculos e para manter a massa muscular quando você faz uma dieta para perder gordura. Você pode treinar direitinho, mas se não comer proteína suficiente, vai ser praticamente impossível conseguir um resultado satisfatório.

Dentre os Suplementos de Proteína se destacam o Whey Protein e a Caseína. O Whey Protein pode ser tomado ao acordar e após o treino. A Caseína deve ser tomada entre refeições e logo antes de ir dormir.

Suplementos de Proteína Recomendados:

Prioridade 2: Multivitamínico de Qualidade

Não basta comer de maneira saudável para conseguir todos os nutrientes importantes. O treino com pesos causa danos ao corpo e esgota vários nutrientes essenciais do organismo. Além disso, você está colocando seus músculos em um estado de reconstrução constante, ou seja, você vai precisar de mais vitaminas e minerais do que as pessoas “comuns”.

Mas tem um problema. A maioria dos multivitamínicos populares não foram feitos para quem treina. Além disso, geralmente esses suplementos não tem a qualidade que você imagina. Por isso, recomendamos que escolha um multivitamínico feito exclusivamente para quem treina.

Marcas de Multivitamínicos Recomendadas:

Prioridade 3: Óleo de Peixe

Dar uma prioridade tão alta para o Óleo de Peixe pode ter te assustado. A verdade é que o Óleo de Peixe (Ômega 3) proporciona vários benefícios para o organismo, inclusive torna as juntas mais saudáveis e alivia as dores. O Óleo de Peixe também ajuda a manter os níveis de colesterol e melhora a pressão sanguínea.

Outros benefícios incluem ainda a habilidade de ajudar contra as dores causadas pela enxaqueca e lutar contra a depressão. Para completar, o Óleo de Peixe é também bem barato. Nenhuma pessoa que leva a musculação a sério deve deixar de consumir o Ômega 3.

Marcas de Óleo de Peixe Recomendadas:

Prioridade 4: Creatina

Depois dos Suplementos de Proteína, a Creatina é a rainha dos suplementos para construção muscular. A Creatina te permite treinar mais pesado, com mais energia e força. Essa ajuda adicional dia após dia ajuda a melhorar os ganhos de massa muscular.

A Creatina também ajuda no Pump dos músculos, o que pode ajudar na contração muscular durante o exercício (ajuda a “sentir” melhor o músculo durante o treino). Um Pump de qualidade pode também causar uma motivação extra para conseguir aquelas repetições adicionais, tendo em vista que você irá “sentir” muito mais o músculo queimando.

Assim como o Óleo de Peixe, a Creatina é bem barata.

Marcas de Creatina Recomendadas:

Prioridade 5: BCAA

Os BCAAs são populares pois ajudam a melhorar a recuperação e estimular a síntese de proteínas. Os BCAAs também melhoram a resistência e diminuem o catabolismo (estado em que ocorre a perda de massa muscular).

Estudos recentes comprovaram ainda que a suplementação com BCAA é muito útil para aquelas pessoas que querem perder gordura, já que o BCAA ajuda a evitar que os músculos sejam “queimados” pelo organismo em busca de energia durante a dieta.

Marcas de BCAA Recomendadas:

Opcional: Suplemento Pré-Treino

Os Suplementos Pré-Treino são muito populares porque eles funcionam, e funcionam muito bem. Eles proporcionam um aumento no foco durante o treino e ajudam a combater o cansaço e stress. Além disso, funcionam também com um motivador. Não importa o quão estressante tenha sido seu dia no trabalho ou na escola, você sabe que ao tomar o Pré-Treino vai conseguir aquele “gás” extra para treinar.

Muitos Pré-Treinos contém Óxido Nítrico (NO2). O NO2 ajuda a aumentar o fluxo de sangue no corpo e, assim como a Creatina, pode proporcionar mais energia e o pump muscular de qualidade. Por esse motivo, é muito comum a combinação de Creatina + NO2.

Pré-Treinos Recomendados:

Desconto de 15%: Hardcore Mass 3Kg + Creatina

Pessoal, ótima oportunidade para quem está procurando um hipercalórico de qualidade para crescer um pouco mais!

O Hardcore Mass 3Kg está com 15% de desconto no CorpoPerfeito e ainda acompanha uma Creatina de brinde!

É um suplemento com ótimo custo benefício, já que contém ainda em sua fórmula o Whey Protein, Vitaminas e o Waxymaize, que é um carboidrato muito superior. É difícil encontrar um Hipercalórico com Waxymaize na composição.
Está saindo por R$ 74,00 com desconto! Muito barato para um suplemento de 3Kg!

Então a dica está dada, para pegar o desconto é só clicar na imagem ou no link abaixo: