Monthly Archives: agosto 2013

Glutamina: Uma Análise Detalhada sobre esse Suplemento

Glutamina

Nesse artigo você confere uma análise mais aprofundada sobre a Glutamina, um suplemento excelente para quem busca maiores ganhos de massa. Continue lendo e entenda como esse suplemento pode ajudar não apenas no ganho de massa como também em aspectos relacionados a saúde.

Glutamina

A glutamina é o aminoácido mais abundante no corpo, apesar do fato de não ser um aminoácido essencial. A maior quantidade de glutamina é armazenada nos músculos, seguido pelos pulmões, onde a maior parte da glutamina é produzida. Ela está envolvida em muitos processos metabólicos, e é o principal transportador de nitrogênio para dentro do corpo e é uma fonte de energia importante para muitas células, principalmente as musculares.

É bastante comum os médicos usarem a glutamina quando seus pacientes estão em um estado de perda de músculos (estado catabólico) devido a lesões procedimentos cirúrgicos. A glutamina também é comercializada como um suplemento alimentar indicado para o crescimento muscular e esportes intensos. Confira agora uma análise mais detalhada sobre o que a Glutamina pode proporcionar:

Tratamento de Feridas e Queimaduras
Um estudo realizado em 2003 examinou 45 adultos com queimaduras. Alguns indivíduos receberam a Glutamina e outros receberam uma substância sem efeitos. Ao final da pesquisa, os investigadores descobriram que a suplementação com glutamina reduziu as infecções sanguíneas em um terço, impedindo a ação de determinado agente patogênico.

Velocidade de Cura de Feridas no Pós-Operatório
Em 2001 houve um estudo que analisou pacientes que passaram por cirurgias. Aqueles que receberam a Glutamina tiveram um melhor equilíbrio de nitrogênio no corpo, aumento da síntese de proteína e redução no tempo de internação após as cirurgias.

Evitar a Perda de Massa e Auxiliar no Ganho de Mais Massa
Os aminoácidos que formam as proteínas ajudam a construir a maior parte dos tecidos do corpo, incluindo os músculos. Durante o exercício intenso os níveis de glutamina muscular tendem a cair, isso é um processo natural. Além disso, estudos têm mostrado que, depois de um treino bem intenso, os músculos são literalmente destruídos. Para reverter este efeito, os nutrientes devem ser fornecidos para os músculos e a síntese de proteína deve ser incentivada, a fim de construir novos músculos. Fornecer Glutamina através da suplementação antes do treino permite que o corpo envie essa glutamina para os músculos, impedindo que eles sejam destruídos. Isso permite também que o corpo possa utilizar a glutamina nos músculos para sintetizar a proteína e aumentar a massa muscular.

Ajuda a Diminuir os Efeitos Colaterais do Tratamento do Câncer
Os médicos geralmente prescrevem suplementos de glutamina para pacientes com câncer para ajudar no tratamento de diarreia, inflamação da mucosa da boca, dores de garganta e formigamento nos dedos das mãos e dos pés. Esses resultados positivos foram observados em pacientes que receberam radioterapia, transplante de medula óssea e de certos tipos quimioterapias.

Efeitos da Glutamina

Suplementos de Glutamina

Os suplementos podem ser encontrados tanto em pó quanto em cápsula, sendo que o pó geralmente é a preferência, pois fornece uma dose maior em comparação as cápsulas. Quando misturado em água, a Glutamina em pó praticamente não tem gosto.

Existem dois tipos de suplementos de Glutamina: Peptídeos de Glutamina e L-Glutamina. O tipo L-Glutamina é a forma livre e não é ligada a nenhum outro aminoácido. A maioria dos estudos que mostram os benefícios da Glutamina são realizados com base na suplementação com L-Glutamina e não peptídeos.

Marcas Recomendadas de Glutamina

Economize Tempo e Queime Gordura com as Superséries

Superseries
Entenda nesse artigo como a utilização de uma técnica de treino chamada Supersérie pode ajudá-lo a economizar tempo na academia e de quebra melhorar a queima de gordura. Continue lendo e conheça os pontos fortes dessa técnica, dicas sobre como aplicá-la corretamente, além de um exemplo de treino composto exclusivamente por superséries.

Quando o assunto é musculação o ditado “menos é mais” geralmente funciona muito bem. Esse ditado serve principalmente com relação a duração dos treinos. Depois de 1 hora de exercício intenso, os níveis de testosterona começam a diminuir enquanto os níveis do hormônio do stress (cortisol) começam a subir de maneira acelerada. Isso é exatamente o que você NÃO QUER que aconteça. O aumento dos níveis de cortisol pode causar um aumento na gordura corporal e a queda da testosterona vai atrapalhar o ganho de massa muscular, então é importante não exagerar na duração dos treinos para conseguir maximizar os resultados.

Superséries

É aí que entram as superséries. Uma supersérie é quando uma série de um exercício é realizada logo após a série de um outro exercício sem descanso entre eles. O descanso só é feito após completar 1 série dos 2 exercícios e então repetimos o processo. Esse tipo de técnica é eficiente pois proporciona 2 benefícios: como você descansa apenas após o segundo exercício, seu treino vai ser reduzido pela metade. O segundo benefício é que essa técnica faz com que o coração fique mais acelerado durante o treino, aumentando a queima de gordura. E de quebra ainda aumenta seu metabolismo para queimar mais calorias durante o dia todo.

Tenha sempre em mente que os descansos devem ser moderados e é recomendado usar menos peso até o corpo se acostumar com as superséries. Essa técnica funciona melhor combinando 2 músculos opostos como: costas/peito, biceps/triceps, etc. Mas isso não é obrigatório.

Utilize as superséries em partes do seu treino ou você pode também montar um treino exclusivamente de superséries, se quiser gastar menos tempo na academia, como no nosso exemplo abaixo.

Treino para o Corpo Todo com Superséries

Supersérie 1:
Barra Fixa com Pegada Aberta (3×10) supersérie com Flexões (3×15)

Supersérie 2:
Leg Press (3×10) supersérie com Flexora (3×15)

Supersérie 3:
Supino Reto com Halteres (3×10) supersérie com Elevação Lateral na Máquina (3×10)

Supersérie 4:
Tríceps no Pulley (3×12) supersérie com Rosca Alternada Inclinada (3×12)

Pronto! Aí está um treino completo e eficiente com superséries. Muito útil para aquelas pessoas que não podem ir muitos dias para a academia ou aqueles que perderam alguns dias de treino na semana e querem compensar o tempo perdido. Esse treino é mais exigente do que parece e irá fazer você suar bastante. Lembre-se que o descanso deve ser feito após realizar 1 série de CADA exercício da supersérie! E tenha em mente que esse descanso deve ser o mínimo possível para amplificar os efeitos da queima de gordura.
Espero que tenham gostado do artigo! Bons treinos a todos.

Treino de Braços em 30 Minutos (Bíceps e Tríceps)

Treino Biceps Triceps 30 Minutos

Conseguir braços grandes é o sonho de 100 entre cada 100 homens que praticam musculação, isso é fato. Conheça nesse artigo um treino de alta intensidade para ser realizado em 30 minutos, com foco tanto nos bíceps quanto nos tríceps, que irá proporcionar excelentes ganhos de massa muscular nos braços. Continue lendo e conheça o treino.

Bíceps e Tríceps

Tanto os bíceps quanto os tríceps são grupos musculares bem resistentes que se recuperam rapidamente e aguentam uma boa dose de exercício intenso com técnicas de treino variadas. Para aproveitar o máximo de seu treino de braços, você precisa atingir os bíceps e tríceps de forma intensa e com uma boa variedade de técnicas.

Vamos agora indicar um treino excelente para braços em 30 minutos, carregado de superséries e dropsets para que você finalmente veja crescimento no pico do bíceps e crescimento brutal dos braços devido ao aumento dos tríceps. Então vamos ao treino.

Treino de Braços em 30 minutos

Exercício 1: Rosca Direta Supersérie com Tríceps no Pulley com Puxador em V
Séries: 3 (cada série é contada após fazer 1 série de cada exercício!)
Repetições: 12
Descanso: 60 segundos APÓS 1 série de cada exercício

Exercício 2: Rosca Direta com Barra W pegada Fechada Supersérie com Tríceps Coice (Halteres)
Séries: 3
Repetições: 12
Descanso: 60 segundos

Exercício 3: Tríceps Banco Supersérie com Rosca Martelo Sentado
Séries: 3
Repetições: 12
Descanso: 60 segundos

Exercício 4: Rosca na Máquina (sentado) – Dropsets
Séries: 3
Repetições: 10
Descanso: 30 segundos
Dropset: Diminua o peso em aproximadamente 10% após cada série.

Exercício 5: Tríceps Cordinha (no Pulley) – Dropsets
Séries: 3
Repetições: 10
Descanso: 30 segundos
Dropset: Diminua o peso em aproximadamente 10% após cada série.


Bem pessoal, então esse é o treino para DESTRUIR os braços em 30 minutos. Um treino excelente que irá proporcionar um inchaço muscular desde o primeiro exercício. Vale lembrar que esse treino não deve ser utilizado por grandes períodos. Utilize-o por 4-8 semanas para causar um choque muscular e depois modifique-o novamente. Espero que tenham gostado, qualquer dúvida deixe um comentário aqui na postagem ou na nossa página do Facebook. Bons Treinos!

Óleo de Peixe Ajuda a Diminuir os Efeitos Negativos dos Deslizes na Dieta

Óleo de Peixe Ômega 3
Um estudo recente apontou que a utilização de suplementos de Óleo de Peixe pode ajudar a diminuir os efeitos negativos do consumo dos chamados “junk foods”, ou seja, diminuir o impacto causado pelo consumo de “besteiras”. Continue lendo e entenda como esse suplemento acessível pode ajudar a manter o seu progresso.

Óleo de Peixe: Um Suplemento Poderoso

Por mais que você mantenha a dieta rigorosa durante a semana, o fim de semana geralmente chega acompanhado de algumas tentações. Sair com o pessoal pode acabar resultando no consumo de alguns alimentos nada saudáveis e algumas cervejinhas, né? Um estudo recente publicado no Diário Britânico de Nutrição aponta que suplementar com óleo de peixe pode diminuir os efeitos negativos do chamado “junk food”.

“O Consumo excessivo de certos macronutrientes, como por exemplo o açúcar e a gordura saturada encontrada nesse tipo de alimento pode causar o ganho de peso, atrapalhar o metabolismo e até mesmo causar danos ao processamento cerebral”, segundo o co-autor desse estudo. Isso quer dizer que quando você abusa de alimentos com altas quantidades de gordura saturada, não vai resultar apenas no aumento da famosa “pança”, mas também atrapalhará a habilidade de seu cérebro gerar novas células nervosas.

O problema é que quando você mexe com a habilidade do cérebro criar células nervosas, você mexe com a habilidade do cérebro controlar o que você come (e consequentemente quanto você pesa). A boa notícia é que o suplemento de óleo de peixe (rico em ômega 3) pode ajudar a combater esses efeitos negativos pois incentiva a neurogênese, a criação de novas células nervosas, de acordo com uma análise recente com base em 180 estudos no assunto. E a notícia melhor ainda é que o Óleo de Peixe está entre os suplementos mais baratos!

Como Tomar

Mas afinal, como tomar o Óleo de Peixe? De acordo com os especialistas o ideal é consumir 1,000mg por dia. Os especialistas destacam aindaa importância de utilizar um suplemento de marca boa que contenha boas taxas de DHA e EPA e evitar as marcas desconhecidas pois muitas vezes possuem baixas proporções de ômega 3 e são “preenchidos” com substâncias para “dar volume” às cápsulas.

Marcas Recomendadas de Óleo de Peixe:

As marcas citadas acima são marcas confiáveis e não possuem qualquer substância de preenchimento.

Aliando a Definição Corporal e o Condicionamento Físico

Definição e Condicionamento
Ir pra academia exige esforço, isso não tem como negar, e assim como qualquer outra coisa que valha a pena, você precisa de muita energia para realização dessa tarefa se quiser maximizar seus ganhos. E a estratégia conhecida como Condicionamento Metabólico é uma das melhores formas para conseguir esse ganho de energia, principalmente se você busca um corpo definido rapidamente. Continue lendo e conheça nossas dicas sobre o assunto.

Condicionamento Metabólico

Confira agora algumas dicas a respeito do Condicionamento Metabólico para conseguir um corpo tanto definido quanto condicionado, ou seja, conseguir o corpo ideal.

Treinamento de Intervalo para Queima de Gordura

Existem inúmeros estudos que apoiam os efeitos do exercício intercalado de alta intensidade na queima de gordura. Existem várias estratégias que funcionam nesse aspecto na redução da gordura corporal, então não é possível apontar UMA estratégia como a melhor. Basicamente qualquer treino de intervalo vai funcionar, desde que você dê o seu máximo e se dedique de verdade. Então vamos dar um exemplo que funciona muito bem para a queima de gordura: Correr 60 segundos / descansar 10-12 segundos e repetir. Outra forma bem legal é correr 20 segundos e descansar 10 segundos e repetir. Enfim, a chave aqui é se dedicar e manter o ritmo.

Aeróbico X Musculação para Queima de Gordura

Um treino de musculação com progressão (aumento de peso de tempos e tempos) irá promover o ganho de força, ganho de massa muscular e queimar mais calorias. Mas o ideal é fazer ambas as atividades, dando mais foco para a musculação. O aeróbico ajuda na queima de gordura e no condicionamento cardiovascular, ou seja, é bastante importante. O que não pode é exagerar, pois isso pode acarretar na perda de massa muscular.

Você não precisa fazer ambos no mesmo dia, aliás isso não é indicado. Uma rotina de treino que acho bem legal é: Seg/Ter: Musculação, Qua: Aeróbico, Qui/Sex: Musculação e no fim de semana fica opcional sábado ou domingo para o aeróbico/descanso. Agora, se sua rotina semanal não permitir esse tipo de treino, o ideal seria fazer circuitos para o corpo todo, ou seja, fazer exercícios para todos os músculos no mesmo dia, com pouco intervalo de descanso. Dessa forma é possível fazer um treinamento de intervalo através própria musculação. Exemplo: 15-30 segundos de exercício / 15-30 segundos de descanso. Assim você pode treinar apenas Seg/Qua/Sex por exemplo, ou conforme sua rotina diária permitir.

Aeróbico

Superséries: Sim ou Não?

As superséries (fazer 1 série de cada exercício para só então descansar e repetir) podem ser úteis quando você não tem tempo suficiente e quer treinar mais rápido. Porém evite fazer superséries nos exercícios básicos, pesados e complexos como Supino e Terra por exemplo, já que isso só vai resultar na má execução do exercício. Prefira fazer 1 exercício básico e um exercício de assistência na super série.

Meu Treino deve se basear no Treino de qual Tipo de Atleta?

Aquela aparência definida e muscular que a maioria das pessoas procuram não vai ser obtida fazendo aeróbico de longas distâncias por 1 hora. É só comparar o corpo de um maratonista e um corredor dos 100 metros rasos. Ganhar força e massa muscular enquanto perde a gordura é o ideal pra qualquer um. O exercício intercalado de alta intensidade que já citamos é capaz de fazer isso, mas o aeróbico de longas distâncias em que damos aquela corrida leve, quase parando, NÃO ajuda nesse aspecto. O treino intercalado de alta-intensidade aliado ao treino de musculação do corpo todo é o mais eficiente para o ganho de massa muscular magra. Os resultados dessa combinação são impressionantes.

Definir Corpo

É melhor utilizar pesos leves ou pesados para o Condicionamento?

A escolha do peso deve ser baseada exclusivamente no SEU objetivo. Uma série no esforço máximo que resulte na falha em 15 repetições é considerada uma série leve. Uma série no esforço máximo que resulte na falha por volta das 6 ou 8 repetições é considerada uma série pesada

Sendo assim, se seu foco for o ganho de força, pesos pesados são ideais. Se você busca resistência e condicionamento físico, os pesos leves (12-15+ repetições) são a melhor escolha. Agora se seu foco for o ganho de massa muscular, deve então ficar entre essas duas opções (8-12 repetições). Isso resultará no melhor ganho de massa muscular e ganho moderado tanto de força e de resistência.

É importante ressaltar que a diferença de peso entre “leve” e “pesado” são apenas alguns quilos. O treino leve é geralmente mais pesado do que a maioria imagina. Se por exemplo, você está acostumado a fazer supino com 30kg de cada lado e consegue 8-10 repetições. Se quiser alterar o foco para condicionamento, deverá então diminuir para cerca de 20-24kg e fazer 15 repetições. Se fizer as 15 e sentir que aguenta mais 1 ou 2, aumente mais 1kg, até achar o peso “leve” ideal para as 15 repetições. De nada adiantará nesse caso, fazer por exemplo supino com 5kg de cada lado. Espero que tenha ficado claro, qualquer dúvida é só deixar um comentário ou postar na nossa página do facebook.


Bem pessoal essas foram as dicas para quem busca uma maior definição corporal e condicionamento físico, o famoso treino de condicionamento metabólico. Espero que tenham gostado das informações. Bons treinos a todos e até o próximo artigo!

Como Diminuir as Dores Musculares Causadas Pelo Treino

Dores Musculares
Todos nós já passamos por isso, a dor muscular causada pelos treinos ou como chamam os mais viciados (ou “nerds” da musculação), as famosas DOMS (Delayed Onset Muscle Soreness). Continue lendo e entenda um pouco mais sobre essa dor e algumas dicas sobre como aliviá-la.

Dores Musculares Causadas Pelos Treinos

Esse tipo de dor pode ocorrer tanto naqueles que já treinam durante anos ou nos iniciantes, ou seja, não importa seu nível de condicionamento físico, uma hora ou outra você vai sentir essa dor. Essa dor muscular geralmente tem seu pico 48 horas após o exercício intenso.

A dor muscular originada pelo treino é basicamente um “rasgo” nas fibras musculares, que causa uma espécie de “inflamação” e o inchaço dos músculos, causando uma pressão nas juntas mais próximas.

Mas vamos direto ao ponto, você provavelmente está querendo saber como evitar ou aliviar essa dor muscular.

Como Prevenir ou Aliviar as Dores Musculares

Para prevenir a dor, tente não se apressar numa nova rotina de treino, não importa qual seu esporte. Quando for começar uma nova rotina de treino, comece fazendo apenas a metade do total dos exercícios durante uns dias, para que seus músculos se acostumem aos novos exercícios.

Se aqueça corretamente ANTES do treino e faça o alongamento APÓS o treino para ajudar na remoção do ácido lático que foi acumulado nos músculos durante o treino e dar início ao processo de recuperação.

Para aliviar a dor quando você exagerar em um treino novo, experimente fazer o que chamamos de “descanso ativo”, em que você descansa das atividades intensas porém faz atividades leves como caminhada, passeio no parque, exercícios leves etc. O que não pode é ficar deitado no sofá vendo TV, isso vai fazer a sensação de dor muscular aumentar muito mais.

Além disso, evite treinar os músculos doloridos com muita carga até que as dores passem ou fiquem em um nível tolerável.

Reduzir as Dores do Treino

A Importância da Nutrição

É super importante prestar atenção na alimentação e ingerir grandes quantidades de proteína de boa qualidade como o Whey Protein ao decorrer do dia, para garantir o fornecimento de nutrientes essenciais para a recuperação dos músculos. A Vitamina C também é útil para ajudar na recuperação muscular, assim como banhos mornos, sauna e massagens profundas.

Onde Comprar Whey Protein (clique)
Onde Comprar Vitamina C (clique)

Consumir uma boa quantidade de ômega 3 através do óleo de peixe ou do abacate também irá ajudar na remoção dos radicais livres e reduzir a inflamação nos seus músculos e por todo o seu corpo.

Onde Comprar Óleo de Peixe (clique)

Tudo isso é de grande ajuda mas a dica principal para reduzir as dores musculares é se mover, como dito anteriormente. No início você sentirá um desconforto, mas conforme você se move, o fluxo sanguíneo é aumentado e isso ajuda a alimentar os músculos danificados com os nutrientes do sangue para ajudar na recuperação muscular (daí a importância de ter uma boa nutrição).

Então procure fazer atividades leves como caminhadas, natação ou exercícios com o próprio peso do corpo, para causar um aumento no fluxo sanguíneo e acelerar a recuperação!

Segredos para o Ganho de Massa e Dicas

Segredos Ganho de Massa
Vamos compartilhar nesse artigo alguns segredos para serem implementados em seus treinos e algumas dicas para o ganho de massa. As dicas são simples, porém de extrema importância. Continue lendo e conheça as dicas.

Segredos e Dicas para o Ganho de Massa

Não escolha um peso que você consiga levantar por mais que 10 repetições ou menos que 5 repetições. Tente sempre manter o peso entre 75-90% da sua repetição máxima.

Quando o foco for ganho de massa, experimente alternar entre o treinamento explosivo e o treinamento mais lento e controlado. Você irá perceber que assim o choque muscular será muito maior, pois o corpo não se adaptará tão facilmente ao treino.

Sem contar as séries de aquecimento, seu treino deve totalizar nada menos que 50 repetições (mínimo), mas tente ficar na média de 80-100 repetições totais.

Para controlar os efeitos do ácido lático na perda de força, experimente alternar os exercícios para grupos musculares opostos. Exemplo: Alterne entre 1 série de bíceps, 1 série de tríceps, 1 bíceps, 1 tríceps, etc… Isso vale apenas para aquelas pessoas que tem dificuldades em tolerar o ácido lático e acabam perdendo a força por trabalhar demais os mesmos grupos musculares.

Na sua última série do aquecimento, você pode colocar um pouco MAIS de carga (no máximo 5%) do que fará nas séries propriamente ditas, mas faça apenas 1 repetição explosiva. Essa técnica pouco conhecida enviará sinais ao cérebro para que ele recrute muito mais fibras musculares durante as séries do exercício e as séries vão parecer muito mais fáceis do que realmente são.

Sempre beba muita água. Uma boa hidratação pode ter um impacto significativo na força. Beba água antes de ir treinar, durante o treino e também após o treino.

Dicas Extras:

Como Ganhar Músculos sem Gordura

Isso é uma tarefa bem difícil de conseguir, mas não é impossível. Se você quer ganhar muito músculo, deve estar então num balanço positivo de calorias e nitrogênio (proteínas) durante um bom tempo. Isso em outras palavras quer dizer que você deve consumir mais calorias e proteínas que seu corpo precisa para manter o peso ATUAL, e mais calorias podem significar ganho de gordura moderada. Por isso é super importante escolher bem os alimentos e conseguir a taxa ideal de proteína através de suplementos com poucas calorias, como é o caso do Whey Protein. Dessa forma você consegue ganhar músculos e evita o acúmulo de gordura. Marcas de Whey Protein que valem a pena:

Beber Água é tão Importante Assim?

Sim, é mais importante do que você pensa, tanto para a saúde quanto para o ganho de massa. Dentre várias razões, existem algumas que se destacam: Primeiro, a energia dos músculos é o glicogênio e o glicogênio depende da água, ou seja, estar hidratado significa que seus músculos vão estar bem preenchidos e prontos para o treino. Segundo, a água regula o sódio e o potássio dentro e fora das células musculares.

Fazer Muitas Repetições Define os Músculos?

Treinar com Repetições Elevadas Define?

Uma prática bem comum entre as pessoas que buscam a definição é aumentar a quantidade de repetições. Continue lendo e entenda nesse artigo se essa estratégia tem fundamento e nossas dicas para alcançar a definição dos músculos.

Fazer Muitas Repetições causa Definição?

Um dos objetivos mais comuns dos praticantes de musculação é a definição, quando a gordura corporal é eliminada e os músculos parecem muito mais impressionantes. Mas como aliar esse objetivo e a manutenção da massa muscular já adquirida? Essa dúvida (ou esse temor) acaba frustrando as pessoas que tentam perder gordura e acabam perdendo bastante massa muscular no processo, causando aquela aparência “magrela”.

Enquanto algumas pessoas entendem perfeitamente que a definição só ocorre através da mudança nos hábitos alimentares para ocorrer a queima de gordura, outras pessoas acreditam que uma mudança no treino fará milagres quanto a definição muscular. Geralmente a mudança que as pessoas fazem nos treinos é aumentar a quantidade de repetições, utilizando pesos bem mais leves. Essas pessoas acreditam que utilizar esse método trará uma definição muscular incrível, aquela que todos sonhamos.

Não é possível ter 100% de certeza onde essa teoria teve início, mas tudo leva a crer que seja por causa do ácido lático que é gerado quando realizamos muitas repetições, e consequentemente aumenta a sensação de “queimação” nos músculos em comparação aos treinos convencionais (pesos pesados e repetições moderadas). Algumas pessoas se convencem de que essa queimação significa um trabalho mais direto no músculo e que isso resulte em uma maior definição muscular.

O problema dessa teoria é que o treino com pesos tem como objetivo principal aumentar o tamanho e força muscular e devemos ter esse objetivo sempre em mente. Ao fazermos muitas repetições, a sobrecarga exercida nos músculos é reduzida e inevitavelmente a massa muscular já existente irá começar a diminuir.

Sendo assim, a estratégia ideal é continuar treinando de forma convencional (repetições moderadas e pesos pesados) para preservar a massa muscular durante o processo de definição e se concentrar em modificar a dieta com foco na perda de gordura. Se você não estimular seus músculos o suficiente (obrigando-os a levantar pesos pesados) seu corpo não “enxergará” motivos para manter a massa muscular, já que ela não terá utilidade alguma na realização de exercícios com pesos leves demais. Claro que se você começar a seguir uma dieta para perda de gordura, provavelmente não conseguirá levantar a mesma quantidade de peso que está acostumado, mas a redução no peso deverá ser a menor possível, para continuar estimulando os músculos a se manterem.

Muitas Repetições Definição

Suplementos Termogênicos

Se você busca uma ajuda extra na definição, poderá então utilizar um suplemento termogênico para auxiliar nesse processo. O termogênico tem como função principal o aumento do metabolismo, ou seja, aumento na queima de calorias pelo corpo. Outro ponto forte desse tipo de suplemento é que esse aumento do metabolismo ocorre não apenas no momento do treino, mas durante o dia todo. Sendo assim, o termogênico ajuda na perda de gordura e na definição muscular até mesmo durante o repouso, pois a queima de calorias será amplificada durante o dia todo.
Alguns suplementos se destacam nesse ramo como é o caso do Lipo 6,  e o Sineflex. Ambos suplementos são excelentes para a definição corporal. O Lipo 6 é o mais vendido do mundo, porém tem um preço um pouco salgado, enquanto o Sineflex é mais acessível. Bom, agora só cabe a você escolher aquele suplemento que mais se encaixa no seu bolso e dar aquele verdadeiro gás na queima da gordura!

Saldão: Suplementos c/ Até 50% de Desconto Corpo Perfeito – Agosto 2013

Fala pessoal que está sempre acompanhando o SuperMusculo! Acabamos de ficar sabendo sobre um super saldão de suplementos que está ocorrendo na loja Corpo Perfeito. É possível encontrar alguns suplementos com até 50% de desconto.
Tem de tudo nesse saldão: Creatina, Whey Protein, BCAA, enfim, todos os suplementos necessários. Para quem está precisando renovar o estoque de suplementos, vale a pena conferir!

Para acessar esse saldão clique aqui.

Se você não chegou a tempo de pegar esse desconto,

ZMA Aumenta a Testosterona e Constrói Mais Músculos

ZMA Aumenta Testosterona

Um suplemento alimentar muito popular no exterior que vem se popularizando cada vez mais aqui no Brasil é o ZMA (Zinco Magnésio Aspartato). Continue lendo e entenda nesse artigo como o ZMA poderá ajudá-lo a aumentar os níveis de testosterona e melhorar o ganho de músculos.

O que é ZMA

O ZMA é um suplemento criado em laboratório que contém em sua fórmula o Zinco, Magnésio e a Vitamina B6. Quando fazemos treinos muito desgastantes, com sobrecarga, acabamos perdendo grandes partes dos estoques de zinco e magnésio no interior dos construtores musculares. Sabe qual o problema disso? O Zinco é muito importante para a produção da testosterona no corpo. Se seu estoque de Zinco estiver esgotado, não haverá produção de testosterona e como você já deve saber, a testosterona é o fator fundamental para ocorrerem os ganhos de massa muscular. Os suplementos de zinco ajudam a melhorar os processos anabólicos no corpo e melhorar drasticamente o desenvolvimento muscular.

O outro componente do ZMA, o magnésio, ajuda a transportar oxigênio para os tecidos musculares, algo que é de extrema importância para que os músculos funcionem, se recuperem e cresçam maiores e mais fortes.

Alguns relatos sobre a suplementação com ZMA demonstram um aumento de testosterona em até 30% e um aumento de força de até 2.5 vezes em comparação as pessoas que não tomam esse suplemento. Tais resultados comprovam que utilizar este suplemento pode ser uma boa opção para facilitar o ganho de massa muscular e força de maneira geral. Além disso, o ZMA também se demonstrou excelente para melhorar a recuperação. Como você deve saber, o ganho de massa muscular ocorre no descanso, enquanto os músculos se recuperam. Portanto uma maior recuperação = maiores ganhos. O ZMA tem ainda o potencial de proporcionar um sono mais profundo e reparador, percebido logo no primeiro dia de uso.

Como Tomar ZMA

A recomendação geral é tomar o ZMA antes de ir dormir, já que você desgasta os nutrientes durante o dia e para aproveitar os benefícios do sono e do aumento da testosterona enquanto o corpo se recupera e aumenta os músculos. Enfim, é um suplemento excelente que não possui qualquer contra-indicação. Vale a pena testá-lo, já que esse suplemento está entre os mais baratos. Você pode se perguntar como esse suplemento pode ser tão bom se custa tão pouco. O motivo é que a matéria-prima para esse suplemento é muito mais barata do que suplementos como o Whey Protein por exemplo.

Melhores Marcas de ZMA