Monthly Archives: julho 2014

Óleo de Prímula: Como Tomar e Informações

O que é Óleo de Prímula

O Óleo de Prímula é o extrato de uma planta que é rica em ômega 6 e também ácido gama linoleico (GLA). Esse óleo tem sido utilizado como tratamento para uma variedade de doenças inflamatórias como artrite e dermatite. Algumas mulheres podem utilizar esse suplemento ainda como tratamento da TPM ou sintomas da menopausa.

Óleo de Prímula

Benefícios do Óleo de Prímula

O Óleo de Prímula, como dito acima, é uma excelente fonte de ômega 6. Esse tipo de ácido é necessário para a pele, cabelo, saúde dos dentes, regulagem do metabolismo (ajudando na perda de gordura corporal de forma direta) e até mesmo reprodução. Dessa maneira, iremos apontar agora os principais efeitos do Óleo de Prímula e pontos fortes desse suplemento:

  • Aliviar sintomas da TPM, Menopausa e Menstruação
  • Aliviar dores nas juntas
  • Controle do Metabolismo (auxiliando na perda de gordura corporal)
  • Ajuda no Tratamento da Acne
  • Ajuda a Controlar a Falta de Memória ocasionada pelo Alzheimer
  • Combate a Impotência Sexual em homens e a Infertilidade em mulheres
  • Bom para as Unhas, Cabelo e Couro Cabeludo
  • Suplemento Natural

Benefícios Anti-Inflamatórios

Foi descoberto que o GLA encontrado na prímula pode ajudar a diminuir a inflamação de modo geral. Esse tipo de benefício pode ser bastante útil para o mundo do fisiculturismo, já que esse tipo de suplemento pode ser utilizado para reduzir a inflamação muscular causada devido ao treino intenso e melhorar a recuperação. Sabemos que quanto melhor a recuperação, melhores são os resultados de ganho de massa muscular.

Óleo de Prímula para TPM

A Tensão Pré Menstrual pode se manifestar de varias formas: dores, inchaços, desejo por alimentos, mudanças de humor, etc. Um remédio natural para ajudar a aliviar esses sintomas é justamente o Óleo de Prímula.

Tem Efeitos Colaterais?

O Óleo de Prímula é considerado seguro. A única recomendação é evitar o consumo durante a gravidez ou se você utiliza medicamentos controlados ou possuem problemas relacionados ao sangue.

Como Tomar Óleo de Prímula

Como cada marca pode possuir uma concentração diferente, recomendamos que você leia o rótulo completamente para obter informações a respeito da dosagem e horários para consumo. Uma dose de 1-2g diariamente geralmente é o suficiente, mas verifique a informação no rótulo. As doses podem ainda ser divididas e tomadas juntamente das refeições.

Marcas de Óleo de Prímula Recomendadas (clique para acessar)

Sempre reforçamos a importância de ler completamente as informações contidas nos rótulos dos suplementos, não apenas para aprender como tomar, como também para obter os melhores resultados do uso de qualquer tipo de suplemento. Você pode conhecer um pouco mais sobre outros suplementos navegando pelo menu do nosso site.

Óleo de Cártamo Emagrece?

Se você é uma pessoa ligada no mundo fitness, provavelmente já ouviu falar no suplemento de Óleo de Cártamo. Mas com tantas informações diferentes espalhadas aqui e ali, muitas pessoas se perguntam quais são os reais efeitos desse suplemento. Afinal, o Óleo de Cártamo emagrece? Ele é indicado para qual tipo de objetivo? Continue lendo que iremos explicar da forma mais simples possível.

óleo de cártamo

Óleo de Cártamo

O Óleo de Cártamo contém grandes quantidades de ômega 3, que são essenciais para o bom funcionamento do cérebro, além do crescimento e desenvolvimento de tecidos (inclusive o tecido muscular). Esse suplemento tem sido bastante utilizado por adultos para uma grande variedade de benefícios relacionados ao coração, inclusive a diminuição de triglicérides, colesterol, pressão sanguínea e risco de doenças cardíacas e infartos.

Suplementar com Óleo de Cártamo irá criar um ambiente que incentiva a redução das reservas de gordura, ou seja, o emagrecimento através da mobilização da gordura corporal como um todo, fazendo com que o corpo utilize a gordura como fonte primária de energia. Esse efeito ajuda e muito a obter uma perda de gordura mais rapidamente, e consequentemente uma maior definição muscular. Vamos conhecer então alguns dos efeitos do Óleo de Cártamo:

  • Ajuda na Perda de Gordura
  • Ajuda na Definição Muscular
  • Aumento da Energia
  • Maior Rendimento em Atividades Físicas (pois aumenta a energia)
  • Redução das Reservas de Gordura Corporal

Portanto sim, o Óleo de Cártamo emagrece e sem dúvidas é um suplemento recomendado para aqueles que buscam a melhora da saúde e dos resultados no que diz respeito a musculação e o exercício físico. Além disso, por ser um suplemento 100% natural, ele não traz riscos para a saúde se tomado da maneira indicada no rótulo.

Como Tomar Óleo de Cártamo?

Geralmente, ele pode ser tomado a qualquer horário. Porém, recomendamos que você tome as cápsulas ou softgels (cápsulas gelatinosas) logo antes das refeições. Dessa maneira, os alimentos ajudarão na absorção total do ômega 3 para obter os melhores benefícios relacionados ao uso do Óleo de Cártamo. Como cada marca possui uma concentração diferente, recomendamos que leia o rótulo e siga as instruções a respeito da quantidade de cápsulas a serem consumidas diariamente. Caso você esqueça de tomar uma cápsula antes da refeição, pode tomar em qualquer horário sem problemas. Mas sempre que possível, tente tomar logo antes das refeições.

Marcas Recomendadas de Óleo de Cártamo (clique aqui para conhecer)

BCAA em Pó X Cápsulas

O BCAA tem ganho muito destaque recentemente, devido suas propriedades que ajudam em vários objetivos para os praticantes de musculação e esportistas no geral. Uma dúvida bastante comum é se o BCAA em pó é melhor do que o BCAA na forma de cápsulas. Elaboramos esse artigo que irá ajudá-lo a entender um pouco mais sobre o assunto.

BCAA em Pó

O BCAA em pó tem algumas diferenças em comparação ao BCAA na forma de cápsulas, algumas delas são: Maior possibilidades de ingestão, maior duração do produto, economia no valor e principalmente a concentração de aminoácidos. Uma forma bastante utilizada de se ingerir o BCAA é misturá-lo na água e ir tomando no caminho da academia, durante o treino e também após o treino (ir tomando aos poucos). Essa opção não é possível através do BCAA em cápsulas, a não ser que você abra as cápsulas uma por uma, algo não recomendado tanto pelas propriedades do suplemento e principalmente pelo tempo gasto. Ponto para o BCAA em pó.

Outra vantagem do BCAA em pó é que, dependendo da marca, você consegue muito mais aminoácidos em uma porção muito menor. Vamos pegar um exemplo das informações nutricionais de um BCAA em pó para ilustrar esse cenário:

Informações Nutricionais
Porção: 1 (um) medidor
Conteúdo por porção: 3,4g

Quantidade
por porção

VD % (*)
Valor Energético 14 kcal =  59 kj

1%

Proteínas 3,4 g

5%

Carboidratos 0 g

0%

Açúcares 0 g

0%

Leucina 1.400 mg

100*

L-Isoleucina 1.000 mg

100*

L-Valina 1.000 mg

100*

Os aminoácidos que compõem os BCAAs são aqueles que destacamos em vermelho. Isso significa que a cada 3,4g do produto, ele contém exatamente 3.400mg de BCAAs, ou seja, 100% do produto é composto exclusivamente de BCAA. Para obter essa mesma concentração através de cápsulas, seriam necessárias mais de 5 cápsulas (algumas marcas até mesmo 10 cápsulas)! Dessa forma, o suplemento em forma de cápsulas não ia ter o mesmo rendimento. Já no caso do BCAA em pó, uma embalagem de 200g rende o total de aproximadamente 59 porções. Isso totaliza praticamente 2 meses de treino!

bcaa-powder-integralmedica

BCAA em pó vale mais a pena.

Mas o BCAA em Cápsulas é ruim?

De forma alguma! Se você busca um melhor aproveitamento do produto (e do dinheiro investido), sem dúvidas o BCAA em pó é superior (sabendo escolher a marca, obviamente). Agora, se o dinheiro estiver curto e ainda assim você busca melhorar seus resultados, o BCAA em cápsulas o ajudará com certeza. A questão é: podendo comprar qualquer um dos 2, prefirá sempre o BCAA em pó! Fique agora com as indicações de marcas para os melhores resultados:

Indicações de Marcas de BCAA (clique para acessar)

Treino 3 Dias por Semana para Ganho de Massa

Esse é um treino padrão que irá exigir que você frequente a academia 3 vezes por semana, fazendo uso de pesos livres e o peso do próprio corpo, com os exercícios calistênicos. Esse treino é excelente para iniciantes/intermediários. Ele não vai esgotar demais seu corpo e irá permitir excelentes ganhos de massa, proporcionando uma boa base antes de você progredir para um treino mais avançado.

Esse programa também utiliza exercícios compostos como o supino, agachamento, etc, para o ganho de força e resistência.

Resumo do Treino
Objetivo Ganho de Massa
Dificuldade Intermediário
Tipo de Treino Treino com Pesos / Calistenia
Equipamento: Barras, Halteres, Máquinas
Dias por Semana 3
Duração: 45 min a 1 hora
Autor: supermusculo.com.br

Treino para Ganhar Massa

Treino de 3 Dias por Semana para Ganho de Massa
Exercícios: Séries: Repetições: Observações:

Segunda (Dia 1)

Cardio: Aquecimento leve por 1.5km
Aquecimento Específico: Apoio em Halteres Alternado 3 8 Apoie-se em 2 halteres e com os pés no chão e retire um dos halteres do chão de cada vez, alternadamente.
Costas
Supersérie: Barra Fixa (palmas voltadas para o corpo) e Pulley Costas (palmas voltadas para o corpo). 3 8 e 15 8 repetições para a Barra Fixa e 15 no Pulley.
Supersérie 2: Remada Invertida e Remada Unilateral com Halteres. 3 8 e 15 8 repetições para a Reamada Invertida e 15 para a unilateral.
Bíceps
Série Crescente em peso: Rosca Direta 3 15, 12, 10 Aumente o peso a cada série.
Drop Set 1: Rosca Scott com Halteres (1 braço de cada vez) 3 15, 15, 15 3 séries de 15. Ao final da terceira série, diminuir o peso e sem descanso realizar mais uma série até a falha.
Costas
Drop Set 2: Remada Sentado Máquina + Remada Sentado Máquina Pegada Inversa. 3 15, 15, 15+ 3 séries de 15. Ao final da terceira série, diminuir o peso e sem descanso realizar mais uma série até a falha.
Bíceps
Série Composta: Remada Martelo Alternada Sentado e Remada Curvada Curvada pegada Inversa. (ler explicação) 3 15, 15, 15+ 3 séries de 15 repetições da Remada Martelo. Abaixar o peso na quarta série e imediatamente fazer 1 série de Remada Curvada.
Abdômen
Abdômen: Variações de Prancha (Plank)
Prancha no Cotovelo 30 segs
Abdominal 120 segs
Prancha Cotovelo, Lado Direito 30 segs
Abdominal Lateral, Deitado 120 segs
Prancha Cotovelo, Lado Esquerdo 30 segs
Flexão Lateral do Tronco, Deitado 120 segs
Cardio 10-20 min Escolha Livre.

Terça: Descanso

Quarta (Dia 2)

Cardio: Aquecimento leve 1.5km
Aquecimento geral
Corrida Leve 5 min
Aquecimento Específico
Agachamento somente Peso do Corpo 3 8
Agachamento com Barra Vazia 1 10
Pernas
Série Composta 1:
Levantamento Terra 3 15 3 de 15 e imediatamente fazer o próximo exercício após a terceira série.
Flexão de Panturrilhas em Pé 1 15 Ler acima.
Série Composta 2:
Agachamento-parede (wall sit) 3 Segurar por 30 segs. Fazer 3 séries. Após a terceira série, imediatamente fazer o próximo exercício.
Mesa Flexora 1 15  Ler acima.
Drop Set 1:
Passada a Frente 3 15 Com halteres.
Passada a Frente 1 15 Diminua o peso do exercício anterior.
Peitoral
Supersérie 1:
Supino Reto com Barra 3 15
Supino Inclinado com Barra 1 15  Após a terceira série do exercício anterior, sem descanso.
Supersérie 2:
Supino Declinado com Halteres 3 15
Flexões 1 10  Após a terceira série do exercício anterior, sem descanso.
Supersérie 3:
Crossover 3 15
Supino Máquina (sentado) 1 15 Após a terceira série do exercício anterior, sem descanso. Alternando os braços.
Variações de Abdominais
Abdominal c/ bola Medicinal. 2 40 segs  Bola Medicinal acima da cabeça.
Abdominal c/ braços acima da cabeça 1 80 segs
Superman, Alternando 1 25 segs

Quinta: Descanso

Sexta (Dia 3)

Aquecimento Geral
Caminhada / Corrida Leve 1.5 km
Aquecimento Específico
Apoio em Halteres Alternado 3 8 Apoie-se em 2 halteres e com os pés no chão e retire um dos halteres do chão de cada vez, alternadamente.
Costas
Supersérie 1:
Barra Fixa, Palmas Voltadas para o Corpo 3 8
Pulley Costas, Palmas Voltadas para o Corpo 1 15  Após a terceira série do exercício anterior, sem descanso.
Supersérie 2:
Remada Invertida 3 8 Com barra.
Remada Curvada, com Barra. 1 15 Após a terceira série do exercício anterior, sem descanso.
Bíceps
Série Crescente em Peso:
Rosca Direta 3 15
Rosca Direta 1 12 Mais pesado que a série anterior.
Rosca Direta 1 10 Mais pesado que a série anterior.
Drop Set 1:
Rosca Scott com Halter, 1 braço por vez. 3 15 1 série de 15 com o esquerdo / 1 série de 15 com o direito. Até completar 3 séries com cada braço.
Rosca Scott com Halter, 1 braço por vez. 1 15 Após fazer a terceira série com cada braço do exercício anterior, pegar um halter mais leve e fazer mais 15 repetições com cada braço, imediatamente.
Drop Set 2: Costas
Remada Sentado Máquina 3 15 Pegada Inversa
Remada Sentado Máquina 1 15 Após a terceira série do exercício anterior, diminuir o peso e fazer mais uma série de 15, sem descanso. Pega Inversa novamente.
Série Composta:
Rosca Martelo, Sentado, Alternando 3 15
Remada Curvada 1 15  Com halteres, pegada inversa.
Variações de Prancha
Prancha apoiado nos cotovelos 1 30 Segs
Abdominal convencional 1 120 Segs
Prancha Lateral apoiado no cotovelo 1 30 Segs Cotovelo direito no chão.
Flexão Lateral do Tronco, deitado 1 120 Segs  Apoiando o lado esquerdo no chão.
Prancha Lateral apoiado no cotovelo 1 30 Segs Cotovelo esquerdo no chão.
Flexão Lateral do Tronco, deitado 1 120 Segs Apoiando o lado direito no chão.

Erros Comuns na Perda de Gordura

Você treina de maneira dedicada, se alimenta corretamente mas não perde a quantidade de gordura que deveria estar perdendo? Existem vários fatores que podem estar bloqueando seu caminho para a perda de gordura, mesmo quando sua dieta e treino parecem estar corretos. Vamos conhecer nesse artigo 5 dicas para evitar os erros mais comuns na perda de gordura.

Falta de Vitamina D

A deficiência de Vitamina D está associada a uma maior quantidade de gordura em qualquer idade. Aumentar os níveis de Vitamina D para a quantia adequada pode ajudar na queima de gordura. Durante o inverno, as pesquisas apontam que a maior parte das pessoas desenvolvem uma deficiência em vitamina D devido a diminuição da exposição a luz solar, principal fonte de vitamina D. Mas lembre-se que a falta de Vitamina D ocorre também no verão, pois o corpo produz menos Vitamina D devido ao uso de protetor solar e óculos de sol. Não! Não pare de usar seu protetor solar nem os óculos escuros. Procure compensar essa falta de Vitamina D com o uso de suplementos especializados. Marcas Recomendadas de Suplementos de Vitamina D (clique).

Não Reduzir os Carboidratos o Suficiente

É um fato comprovado cientificamente que as dietas com pouco carboidrato e bastante proteínas são eficientes para perder gordura. Mas “pouco carboidrato” é um termo um pouco vago demais, e a quantia ideal de carboidratos pode variar de acordo com a genética de cada um e o nível de atividade diária.
Os especialistas apontam que uma boa definição de dieta low-carb (pouco carboidrato) seria menos de 50g por dia para uma pessoa com sobrepeso, pois isso fará com que o corpo produza cetonas e queime gordura. Para melhores resultados, esses 50g de carboidratos devem preferencialmente vir de vegetais e algumas frutas específicas.

Perda de Gordura

Muito Estresse

Essa é muito comum! O efeito do estresse é geralmente pouco considerado pelas pessoas, mas faz muita diferença na dificuldade da perda de gordura. O estresse crônico é um dos piores problemas e devem ser resolvidos se você não estiver perdendo gordura.

A razão disso é que o estresse contínuo causa um aumento do cortisol, e a função do cortisol é aumentar o açúcar no sangue. A lógica do organismo é causar um aumento no açúcar do sangue para que você tenha energia suficiente para passar pela situação estressante. O problema é justamente esse, se o estresse for contínuo, seu corpo continuará aumentando o nível de açúcar no sangue, dificultando e muito a perda de gordura.

Procure diminuir seus níveis de estresse, fazendo atividades que gosta muito e sente prazer em realizar, dê atenção aos seus hobbies, meditação, terapias, enfim, escolha a forma que mais lhe agrade. Leve em conta ainda que é importante dormir pelo menos 8 horas por dia, caso contrário seu corpo ficará sob estresse com mais facilidade. Além disso, o próprio treino já é uma situação estressante para o seu corpo, portanto ele precisa descansar o suficiente para se recuperar, proporcionando tanto o ganho de massa muscular como a perda de gordura.

Treinar Errado ou Fazer Aeróbicos Demais

Aqueles exercícios aeróbicos de baixa intensidade e longa duração não fazem tanto efeito na perda de gordura como as pessoas geralmente acreditam.

Além disso, tanto o exagero no treino como se exercitar muito pouco são obstáculos para a perda de gordura. Se você estiver treinando 2 vezes por dia ou fazendo treinos exageradamente longos, você precisará parar um pouco até que o corpo se estabilize e permitir que suas glândulas supra-renais se recuperem para que a perda de gordura ocorra.

Por outro lado, se seus treinos são muito casuais, se você descansa muito entre as séries ou se os exercícios não são desafiadores, você provavelmente não está dando seu máximo na academia.

De maneira geral, para a perda gordura ocorrer você deverá descansar entre 30-60 segundos, de acordo com seu nível de condicionamento, e utilizar pesos desafiadores, mas que permitam a execução perfeita dos exercícios. Para acelerar a perda de gordura, experimente fazer sprints ou treinamento de intervalos de alta intensidade (o famoso HIIT). Temos alguns artigos específicos sobre esse assunto e você pode conferi-los clicando aqui.

Intolerância a Alimentos (Geralmente Glúten e Derivados do Leite)

Uma intolerância a alimentos pode impedir a perda de gordura pois causa inflamação no intestino, uma parte crítica do metabolismo no corpo. Glúten e derivados do leite são intolerâncias bastante comum na população em geral, que quando eliminados, resultam na perda de gordura.

Você pode testar a sua intolerância a algum alimento fazendo um exame de sangue, mas uma forma simples de descobrir isso é parar de consumir o alimento por 1 semana inteira. Se você for intolerante a aquele alimento, você vai se sentir melhor rapidamente. Quando o intestino se recuperar totalmente, você vai perceber que a queima de gordura vai ocorrer de modo mais rápido. Mesmo assim, você precisará se dedicar na dieta e treinamento.

Entrevista com Emerson Guidetti (IFBB – Men’s Physique)

Nome Completo: Emerson Simoni Guidetti
Idade: 21 Anos
Altura: 1.75m
Peso: 81.5
Onde Nasceu? Ribeirão Preto SP
Atleta Federado IFBB – Categoria Men’s Physique

Emerson Guidetti Antes e Depois

Como e quando começou com o fisiculturismo?

Sempre admirei esse esporte o “Fisiculturismo” desde meus 17 anos de idade, quando comecei a treinar. Sou apaixonado pela musculação mas nunca pensava na possibilidade de me tornar um Fisiculturista. Espelhava-me no grande ídolo Arnold Schwarzenegger que foi um dos grandes Bodybuilders da história, achava ele incrível. Atualmente estou me formando como Educador Físico, e foi a partir daí que comecei a me aprofundar mais nesse mundo do Fisiculturismo: acompanhava campeonatos, comecei a entender sobre tipos de treinamento, como é a alimentação e tudo mais, foi onde eu falei pra mim mesmo:

“Agora eu quero competir como Fisiculturista!”

Emerson Guidetti Entrevista

Passei a procurar um nutricionista esportivo qualificado, meu amigo Vitor Nunes, quem me apoiou nas decisões que iria tomar, juntamente com meu Professor, Treinador, e amigo Evandro Fioco, tendo em vista que esse é um esporte repleto de preconceito na visão de algumas pessoas. Comecei então a me preparar em agosto de 2013, tanto na dieta como nos treinos. Em maio deste ano teve uma competição da IFBB em Ribeirão Preto e resolvi participar. Não estava bem, pois tive pouco tempo de preparo mas a minha intenção foi participar para adquirir experiência e sentir na pele o que aqueles caras como o Arnold sentiam quando estavam no palco. Realizei um sonho que vinha há tempos de subir no palco como atleta e mostrar, mesmo que eu não estivesse bem “fisicamente”, que todo o esforço e dedicação valeriam a pena. Agora é trabalhar forte para as próximas competições.

Quais suas metas no esporte?

Minha meta é chegar bem tanto fisicamente como psicologicamente nos estreantes em 2015 e conseguir classificação para as outras principais competições como Paulista, Brasileiro enfim, sempre melhorando a cada aprendizagem e mostrar para as pessoas que o “Fisiculturismo” é um esporte igual aos outros só que mal visto pelas pessoas.

Emerson Guidetti IFBB

De onde você tira motivação para continuar?

Tiro motivação de mim mesmo a cada evolução, a cada obstáculo vencido, é uma motivação que te mostra o tanto que você é capaz e que nunca deve parar de tentar e sim persistir sempre com garra, determinação, humildade que as coisas vão fluindo, basta querer e se dedicar ao máximo que você conseguirá atingir todos os seus objetivos.

Qual tipo de treino funcionou melhor para você?

Meu treino é mudado a cada duas semanas, ou seja, a cada duas semanas utilizo treinos diferentes fazendo com que a musculatura receba novos estímulos, pois chega numa fase em que a musculatura se estabiliza então usa-se essa estratégia para que possa estimular sempre o músculo trabalhado.

Como é sua dieta?

A dieta quando estou em OFF utilizo alimentos de fontes boas em Carboidratos, proteínas e gorduras como Arroz integral, Batata Doce, Mandioca Cozida, a parte da proteína Peito de Frango, Salmão e Patinho preparado sempre sem tempero onde evito utilizar muito sódio.

Emerson Guidetti Men's Physique

No cutting (definição), o que muda em sua rotina?

Na parte de treinamento quando estou em cutting treino em dois períodos: faço aeróbio em jejum pela manhã onde o objetivo é fazer com que o corpo utilize a gordura como fonte de energia, possibilitando a perda de gordura, e na parte da tarde treino musculação normalmente. Na parte da alimentação diminuo o carboidrato e consumo mais proteína.

Quais suplementos você toma e recomenda?

Depende da estratégia utilizada pelo meu nutricionista a cada etapa, a cada calculo, e combinação de alimento, é uma utilização de suplemento diferente.

Frase Favorita

“Fisiculturismo é treinar quando você não aguenta, é fazer dieta quando você está com fome, é fazer dieta mais ainda quando você esta com fome, é fazer uma repetição a mais quando você não aguenta fazer a repetição inteira, certas coisas na vida é você ignorar o que as pessoas falam e você vai e faz, se algum dia eu deixar de fazer qualquer umas das coisas grandes que eu sempre desejei fazer esse dia vai começar quando o dia que eu desisti de fazer uma repetição a mais”        PAULO MUZY

Link do Facebook: http://www.facebook.com/emerson.guidetti.1
Link do Instagram: http://instagram.com/emersonguidetti

Entrevista com Guilherme Luygue (Fisiculturista Amador)

Dados

Nome Completo: Guilherme Luygue da Silva
Idade: 21 anos
Altura: 1,80m
Peso: 66,8 kg
Onde Nasceu: Piracicaba/SP
Amador ou Profissional: Amador

Luygue Antes

Foto Antiga

Guilherme Luygue

Foto Atual

Como e quando começou com o fisiculturismo?

No fisiculturismo eu sou novo fazem apenas alguns meses, antes eu era atleta de jiu jitsu tive muitas conquistas. Minha melhor colocação foi me classificar entre os 20 melhores no campeonato estadual. Não disputei a final pois tive uma lesão: rompimento do ligamento cruzado do joelho.

IMG_30293857238748Depois de recuperar comecei a fazer faculdade de nutrição e tive que mudar de esporte por causa do horário. Conheci 2 atletas (meus professores Felipe Martins Carvalho e Rachel Scatruter) que apresentaram o powerlifting. Me apaixonei, disputei dois campeonatos abertos e tive ótimos resultados. Agora em Setembro de 2014 haverá um campeonato de fisiculturismo em Limeira, será a minha estreia na categoria Men’s Physique acima de 1,80. Atualmente estou em bulk com 4,5% de BF. Parece até mentira, mas meu metabolismo é muito acelerado! Estou com uma dieta de aproximadamente 5 mil calorias (105 gramas de gordura, 890 gramas de carboidrato e 170 gramas de proteína).

Guilherme Luygue Entrevista

Quais suas metas no esporte?

Obter o máximo de conhecimento, na prática, sobre alimentação, treino, como é cortar o carbo pré contest, essas coisas, pra que eu possa ajudar da melhor forma meus futuros clientes na nutrição.

De onde você tira motivação para continuar?

Videos motivacionais e alguns atletas. E a Bíblia me ajuda muito a continuar.

Qual tipo de treino funcionou melhor para você?

Colocar o treino de powerlifting 2 vezes na semana me ajudou bastante.
No treino de peito inicio com cross-over e pec-deck pra dar um pump.
Depois vou para o treino de powerlifting supino reto 1RM com 5 min de descanso, faço umas 3, 4 séries e volto pro treino normal.
No treino de costas eu treino normal e no final do treino coloco o exercicio de powerlifting Levantamento Terra 1RM com 5 min de descanso faco 4, 5 séries e finalizo.

Como é sua dieta?

Como já tinha dito estou em off com 5 mil calorias diárias que incluem: frango, ovos, macarrão, arroz integral. Cada dia eu tento variar nas frutas, legumes e verduras. Tento pegar todo nuriente possível através da comida.

Entrevista Guilherme Luygue

No cutting (definição), o que muda em sua rotina?

Ainda não fiz mas sei que não haverá treino de powerlifitng, alguns treinos de jiu jitsu como aeróbico, alguns circuitos de 5km na cidade. O resto é na parte de alimentação: muitas frutas, proteína e só um pouco de arroz integral como carbo.

Quais suplementos você toma e recomenda?

Eu tomo Whey porque a minha nutricionista esportiva me convenceu mas Creatina, Glutamina e BCAA funcionaram bem pra mim.

Frase Favorita:

“O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos.” PROVÉRBIOS 1:5

Facebook: http://www.facebook.com/guilherme.luygue

Instagram: http://instagram.com/luygue

Entrevista com Nery Di Souza (Fisiculturista Amador)

Dados:

Nome Completo: Nery Di Souza
Idade: 37 anos
Altura: 1,65m
Peso: 65kg
Onde Nasceu? Natal – Rio Grande do Norte

Nery Di Souza

Amador ou Profissional?

Amador

Quando começou com o fisiculturismo?

Estou no Fisiculturismo desde o ano de 2012.

Quais suas metas no esporte?

Minhas metas são: Além de manter a saúde bem, está também em atingir meu sonho no mundo fitness.

Nery Di Souza Entrevista

De onde você tira motivação para continuar?

Minha motivação vem de meu espelho, pois a cada dia que me vejo, tento melhorar cada vez mais.

Qual tipo de treino funcionou melhor para você?

Todos os treinos funcionaram muito bem até agora. Mas no momento, tenho treinado 2 músculos por dia. (ver treino abaixo)

Treino:

Segunda-Feira:
Peito e Tríceps

Terça-Feira:
Pernas e Bíceps

Quarta-Feira:
Ombro e Trapézio

Quinta-Feira:
Costas e Pernas

Sexta-Feira:
Peito e Tríceps

Sábado:
Pernas e Bíceps

Domingo:
Aeróbico

Nery Di Souza Treino

Como é sua dieta?

No momento não levo uma dieta de atleta por causa do tempo. Tenho feito 4 refeições por dia: Café da Manhã, Almoço, Café da Tarde e Janta.

No cutting (definição), o que muda em sua rotina?

Geralmente no cutting mudo muito pouco, basicamente continua a mesma coisa.

Quais suplementos você toma e recomenda?

No momento, só estou tomando Creatina.

Entrevista Nery di Souza

Frase Favorita:

“Ir além dos meus limites.”

Facebook do Nery Di Souza: http://www.facebook.com/nerydisouza
Instagram: http://instagram.com/nerydisouza

Exercícios para Desenvolvimento dos Ombros

Ombros desenvolvidos são aqueles que podem ser vistos tanto de frente, de costas e de lado, ou seja, são aqueles ombros com todas as “cabeças” desenvolvidas muscularmente falando. Quando seus ombros são completamente desenvolvidos, eles podem ser vistos tanto com ou sem camisa. Os ombros 100% trabalhados são resultado de treino correto, boa alimentação, exercícios variados e, obviamente, dedicação. Uma dieta equilibrada proporcionará o crescimento dos ombros e permitirá aquela aparência fibrada e definida. Nesse aspecto, é importante também realizar exercícios aeróbicos (com moderação), para auxiliar na aquisição dessa aparência fibrada.

Aquecimento

Não esqueça de fazer o aquecimento corretamente, para preparar seus músculos para o exercício e para principalmente evitar lesões. Esse aquecimento pode ser da forma que preferir, com atividades de baixa intensidade, como por exemplo exercícios para ombros com bem menos peso que você aguenta, caminhar na esteira, uma leve corrida, etc. 10 minutos são suficientes para o aquecimento.

Exercícios para a Parte Frontal

Escolha um exercício para a porção frontal de seus ombros. Uma sugestão é a elevação frontal. Para realizar a elevação frontal, mantenha os braços totalmente para baixo em frente do seu corpo. Segure um halter em cada uma das mãos e com as palmas voltadas para o chão, vá levantando os braços até que eles fiquem paralelos ao chão. 3 séries de 8 repetições. Escolha um peso que torne difícil as últimas repetições, mas que você consiga fazer a execução de forma perfeita.

A Parte Lateral

Para trabalhar a porção lateral dos ombros, vamos fazer a elevação lateral. Esse exercício é feito segurando um halter em cada mão, com os braços ao lado do corpo e as palmas das mãos voltadas para as pernas. Então eleve seu braço de forma reta ao lado do corpo até a altura dos ombros, depois abaixe os braços novamente e repita. 3 séries de 8 repetições.

A Parte Posterior

Não esqueça de fazer um exercício como o crucifixo inverso ou a elevação lateral inclinada para atingir a parte de trás dos ombros. Essa é a parte que proporciona também uma aparência mais completa para as costas. Faça 3 séries de 8 repetições.

Elevação Lateral Inclinada

Elevação Lateral Inclinada, para a porção posterior dos Ombros.

Dicas Extras

É importante também fazer o alongamento dos músculos, mas esse alongamento não precisa ser feito antes ou depois do treino, ele pode ser feito em qualquer momento do dia.

Procure fazer exercícios para os ombros 2-3 vezes por semana com pelo menos 1 dia de descanso (para os ombros) entre os treinos. Você pode treinar outros músculos nesse dia sem problemas.

Procure variar seus exercícios pelo menos a cada 6-8 semanas, para manter seus ombros sempre estimulados e para que eles não se acostumem demais com a rotina de treino, caso contrário eles podem parar de responder ao desenvolvimento.

Sempre use pesos desafiadores para as últimas 2 repetições em cada série. Aumente a quantidade de peso somente quando estiver fácil completar todas as séries com repetições perfeitas.

Faça os exercícios de maneira controlada. É importante também controlar o peso na descida de cada exercício, e não simplesmente descer o peso de uma vez. Utilize a amplitude máxima do exercício, mas evite passar da linha dos ombros. Se tiver qualquer tipo de desconforto ou dor, pare o exercício e procure o instrutor para orientações.

Caso deseje fazer o exercício Desenvolvimento, procure fazê-lo antes dos demais. Esse é o exercício mais indicado para quem busca o crescimento massivo dos ombros. Faça também 3 séries de 8 repetições.